Dólar com. 5.1031
IBovespa 8
18 de maio de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 30 milhões
27/11/2017 às 20h00

Geral

Aumento da violência contra a mulher é tema de palestra

Marli Araújo falou sobre o aumento da violência contra mulheres negras. - Foto: Ascom Semas

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 47 mil brasileiras foram vítimas de feminicídio nos últimos 10 anos. Dentre estas, 74% são pretas ou pardas. Para abordar esse aumento crescente de casos de violência, a  Coordenação de Defesa da Mulher da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) realizou um ciclo de palestras sobre violência doméstica. O evento  aconteceu no Centro Cultural Arte Pajuçara.

Especialistas de diversas áreas palestraram sobre o tema. A doutora em Direito da Universidade Federal de Alagoas, Elaine Pimentel falou sobre A violência contra a mulher: Direito, Responsabilidade, Serviços e Rede para enfrentar a Violência’. Já a professora da Ufal, Marli Araújo, destacou o ‘Aumento na Violência contra Mulheres Negras’ e o coordenador da Diversidade Sexual da Semas, José Roberto da Silva falou sobre ‘Construção Social de Gênero’.

Segundo a  coordenadora de Defesa da Mulher da Semas, Daniela Lamenha, o ciclo de palestras teve o objetivo de relembrar  a passagem do Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher celebrado em 25 de novembro.“Além das palestras, tivemos o relato de mulheres que sofreram violência. Participaram cerca de 60 pessoas, a maioria representantes de entidades ligadas ao direito da mulher”, explicou.

A secretária municipal de Assistência Social, Celiany Rocha, ainda destacou o trabalho realizado na unidade de acolhimento institucional Viva Vida, que atende mulheres que tiveram seus direitos violados e estão em situação de extrema vulnerabilidade. “A unidade, mantida pela Prefeitura de Maceió, funciona com uma equipe especializada pronta para atender às mulheres protegidas pela Lei Maria da Penha. O nosso atendimento vai desde a assistência psicológica ao apoio jurídico, de maneira em que disponibilizamos, ao mesmo tempo, um espaço para a convivência e reestruturação psicológica das mulheres maceioenses que, infelizmente, ainda passam por momentos tão difíceis. Os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) também recebem as mulheres vítimas de violência e são responsáveis pelo monitoramento e assistência dos casos”, explicou.

O Dia 25 de novembro é o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher. Essa data foi criada em 1999 pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, militantes conhecidas como “Las mariposas”, que lutavam contra a ditadura de Rafael Leônidas Trujillo na República Dominicana e foram assassinadas na mesma data em 1960.A data foi criada com o objetivo de expandir e aprofundar o debate sobre a violência contra as mulheres, visando sua eliminação.


Fonte: Ascom Semas

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]