Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
15 de outubro de 2018
min. 22º máx. 31º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil
12/01/2018 às 18h00

Geral

Com incentivos do Prodesin, empresas vão gerar 400 empregos em Alagoas

Governador Renan Filho assina concessão de incentivos fiscais, por meio do Prodesin, para mais quatro empresas. Foto: Márcio Ferreira

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, assinaram, na manhã desta sexta-feira (12), a concessão de incentivos fiscais a mais quatro empresas, por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin). Juntas, elas devem gerar, aproximadamente, 400 empregos entre diretos e indiretos em Alagoas.

Os decretos foram assinados durante solenidade realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares.“O Prodesin é o principal programa de incentivo fiscal de Alagoas e um dos mais competitivos do Brasil, por isso as empresas vêm pra cá. Algumas delas recebem incentivo locacional, ou seja, o Estado doa o terreno para a instalação; outras têm o incentivo fiscal: o Estado retira até 92% do imposto a pagar (ICMS), dependendo do número de empregos gerados. O Estado também concede incentivos aos hotéis. Alagoas, aliás, é um dos poucos Estados do Brasil que possuem incentivos para a rede hoteleira”, disse Renan Filho.

Após a reformulação do Programa, realizada em 2016, o incentivo se tornou o mais competitivo do Nordeste.“O Prodesin é hoje um incentivo extremamente competitivo, que coloca Alagoas na vanguarda dos incentivos fiscais do Brasil e nos deixa mais competitivos com relação aos demais estados da região. Tem sido uma ferramenta muito importante nessa política de desenvolvimento econômico, implementada pelo governador Renan Filho, que refez a lei e a modernizou”, destacou Rafael Brito.

Os benefícios assinados nesta sexta-feira vão garantir a instalação das empresas Inovaplast, Braf Empreendimentos Hoteleiros e uma nova linha de produção da multinacional brasileira Tigre Tubos e Conexões, com incentivos fiscais. “Essa é a nossa segunda unidade instalada e um passo a mais para trazermos novos investimentos para Alagoas”, revelou o diretor da Tigre Tubos e Conexões, Alencar Lehmkuhl. Já a Alepack Indústria e Comércio de Plásticos contará com incentivos fiscais e locacionais. "A concessão dos incentivos demonstra, primordialmente, que o Governo do Estado caminha na velocidade da iniciativa privada, concedendo, de forma célere, todos os aparatos necessários para o desenvolvimento econômico de Alagoas, por meio da atração de novas empresas e da geração de emprego e renda para centenas de alagoanos, beneficiados, diretamente, pelas ações do Estado", acrescentou o secretário Rafael Brito.

O diretor da Braf Empreendimentos Hoteleiros, Alfredo Brêda, revelou que o hotel é o segundo a ser construído em Alagoas. “A nossa intenção é de concluí-lo até o final deste ano. O empreendimento terá 220 apartamentos, onde vamos empregar cerca de 100 funcionários. Já durante a construção, empregaremos mais de cem operários. É um investimento interessante e num momento importante, porque o turismo cresce aqui em Alagoas”, observou Brêda.

Segundo o governador, 16 hotéis encontram-se em construção em Alagoas na atualidade. “Até o final de 2019, Alagoas terá 5 mil novos leitos, que vão gerar cerca de dez mil novos empregos no segmento do turismo”, projeta o governador.

Participaram, ainda, da solenidade, os deputados Ronaldo Medeiros (estadual) e Ronaldo Lessa (federal); o diretor da Inovaplaste, Paulo Lamenha; da Alepack Indústria e Comércio de Plásticos, Alex Pessoa; o presidente da Fecomércio, Wilton Malta; da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi), Jubson Uchôa; o superintendente do Sebrae Alagoas, Marcos Vieira; do Banco do Nordeste, Wesley Maciel; os secretários de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Régis Cavalcante; da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Antônio Sapucaia; da Comunicação, Enio Lins, dentre outras autoridades.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]