Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
25 de setembro de 2018
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Audiência Pública para o orçamento de 2019 será realizada neste sábado
12/07/2018 às 11h00

Geral

Fisioterapeuta, osteopata ou quiroprata, qual a diferença? Entenda

Por serem profissões que tratam problemas relacionados a dores musculares, muitas pessoas não sabem a quem devem recorrer

Atletas e praticantes de esporte sabem bem que as lesões ocasionadas pelos treinos são inevitáveis. Mas a quem pedir ajuda? Fisioterapeuta, osteopata ou – para dificultar a questão – quiroprata?

A revista Women’s Health UK esclarece a questão e distingue os três profissionais, explicando que a quiropraxia é um tratamento holístico que se baseia em técnicas naturais para alívio da dor e melhor mobilidade.

A especialidade serve para tratar dores de pescoço ou costas, mas nunca com medicação, por isso se o seu problema for bastante grave e necessitar de medicamentos, outro profissional deverá ser procurado.

O osteopata, por sua vez, trabalha para diminuir a dor através da libertação de tensão, melhoria de mobilidade e optimização da funcionalidade do corpo. A vantagem da osteopatia é que o tratamento leva em conta a origem do problema e não o sintoma momentâneo. Além disso, espera-se que as técnicas aplicadas previnam futuras dores – uma vez que o problema é resolvido na origem.

Por fim, a fisioterapia é uma especialidade mais completa, que permite o tratamento de diversos problemas, desde respiratórios a neurológicos, passando pela própria ortopedia.

É normalmente através de exercícios musculares que as técnicas de tratamento são direcionadas e demoram o tempo necessário até que o paciente volte a ganhar autonomia, uma vez que muitos dos problemas se devem a acidentes que incapacitam o paciente.


Fonte: Notícias ao Minuto

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]