Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
21 de fevereiro de 2019
min. 26º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel PF deflagra ação para desarticular organização internacional de drogas
21/01/2019 às 16h30

Geral

De cara nova, site da Livraria do Senado oferece mais de cem livros digitais gratuitos

O site da Livraria do Senado está com novo visual, mais simples e intuitivo, novas funcionalidades e loja virtual com publicações a preço de custo e frete grátis. Além disso, a livraria já oferece 121 obras virtuais para que a pessoa possa baixar gratuitamente.

novo site tem ferramentas para que o internauta entre em contato com os responsáveis pela livraria para tirar dúvidas, enviar sugestões ou apresentar reclamações. O cliente pode também gerenciar sua conta, emitir segunda via de boletos e recuperar senha, funcionalidades que não eram disponíveis anteriormente. A reformulação do site da Livraria foi motivada pelo significativo aumento de clientes durante 2018.

O coordenador de Edições Técnicas, Aloysio de Brito, explica que a mudança não otimiza apenas a experiência e a relação de compra dos clientes, mas também melhora a imagem institucional e promove maior visibilidade para uma agenda que é positiva e de ação social, já que os livros são vendidos por até um quinto do valor, se comparado ao mercado de livros em geral. Entre os meses de janeiro e novembro do ano passado, foram comercializados pela livraria virtual mais de 51 mil títulos.

A loja virtual da Livraria do Senado é uma referência em obras legislativas e muitos outros são de relevância histórica inestimável, como a A História da Revolução Russa, de Leon Trotsky. O portal vem se consolidando como um dos mais acessados da Casa.

— Desde 2017 os acessos ao site aumentaram em 200% e o download dos livros digitais gratuitos teve um aumento de 1.000%. O crescimento é atribuído ao trabalho de marketing, especialmente nas mídias sociais, para a divulgação dos títulos, além da disponibilização de mais publicações em formato eletrônico — explica Aloysio.

Ferramentas

O novo design nasceu a partir de um levantamento realizado por alguns servidores da Casa, que avaliaram as tendências quanto ao serviço de e-commerce.

— O portal foi adaptado para o padrão responsivo [compatível com as telas de celulares e tablets] e oferece ferramentas de acessibilidade. No entanto, à medida em que percebemos necessidades fazemos mais ajustes. A proposta é que haja flexibilidade para que o formato não se torne engessado — esclarece o chefe do Serviço de Multimídia, Thomas Gonçalves.

De acordo com o servidor, as obras podem ser adquiridas por meio de recolhimento de GRU e a ideia é que, nos próximos meses, sejam implementadas as opções de compra nos cartões de crédito ou débito.

Livros gratuitos

Atualmente, a livraria oferece mais de 100 livros disponíveis para download gratuito no site. Confira alguns que podem ser baixados na página da Livraria do Senado sem custo:

História da Literatura Ocidental, de Otto Maria Carpeaux (quatro volumes)

Edições da Revista de Informação Legislativa (RIL)

Leis e códigos: Lei de Diretrizes Básica da Educação (LDB); Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), Lei de LicitaçõesAssédioCódigo Civil, Código de Defesa do Consumidor (CDC), Código de Processo Civil (CPC), Código de Processo Penal (CPP), Código Penal, Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), Direitos Autorais, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Estatuto da Pessoa com DeficiênciaEstatuto do Idoso

A História da Revolução Russa, de Leon Trotsky (três volumes)

Coleção O Senado na História do Brasil (Arquivo S)

A Abolição, de Osório Duque Estrada, primeiro livro sobre o processo abolicionista no Brasil

O Guarany de José Alencar adaptado em quadrinhos por F. Acquarone.

Constituição Federal de 1988

Constituição em Miúdos I e II (Constituição Federal para jovens)

A Coluna Prestes no Piauí, de Chico Castro

A História dos Símbolos Nacionais, de Milton Luz

A Renúncia de Jânio, de Carlos Castelo Branco

Brasileiras célebres, de Joaquim Norberto de Souza e Silva

História da Civilização Brasileira, de Pedro Calmon

As aventuras de Nhô-Quim e Zé Caipora: os primeiros quadrinhos brasileiros 1869-1883


Fonte: Agência Senado

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]