Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
23 de agosto de 2019
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Saiba como será a abertura do comércio no Dia da Padroeira de Maceió
11/06/2019 às 18h45

Geral

Convênio possibilita produção de fitoterápicos

Convênio possibilitará produção de xarope de Guaco. Foto: Moacir Barbosa/ Cesmac

Um medicamento produzido à base de plantas para fins terapêuticos passará a ser produzido e prescrito a usuários da saúde de Maceió com a assinatura do convênio entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Centro Universitário Cesmac, que aconteceu na manhã desta terça-feira (11), na reitoria da instituição.

O Xarope de Guaco é um fitoterápico conhecido por possuir efeito expectorante e broncodilatador, auxiliando no tratamento da tosse, como explica Luís Carlos, farmacêutico da SMS e coordenador do projeto. “Esse xarope é produzido com uma planta brasileira e é um produto  fitoterápico que já tem uma tradição de uso na população. Esse projeto pretende ofertar algo que não se conseguia adquirir para colocar na rede pública. Uma vez que os xaropes sejam obtidos nos laboratórios do Cesmac, será disponibilizado, em um primeiro momento, em oito unidades, atendendo a todos os Distrito Sanitário, e depois ampliaremos com a oferta para toda a população”, disse.

Segundo o secretário municipal de Saúde José Thomaz Nonô, o convênio beneficiará a população, que contará com mais um produto nas farmácias das unidades de saúde. “Essa assinatura é da maior valia para nós. Alguns dos postos novos têm áreas enormes e estou estimulando para que os profissionais plantem lá, porque é necessário ocupar esses espaços. E é importante ter, manter e explorar tudo isso. Esse convênio é só um elo a mais que surge da parceria com o Cesmac”, ressaltou.

Venício Rocha, coordenador de Farmácia e Bioquímica da SMS, conta que o convênio trará a parte do ensino e da assistência, atividade fim das duas instituições. “É um sonho que está sendo viabilizado. A gente vai financiar esses medicamentos, enquanto o Cesmac terá contribuição com toda sua estrutura. Assim, há toda uma gama de coisas envolvidas, porque tem a parte do ensino e da assistência, ou seja, vai ser um benefício mútuo. Eles [Cesmac], enquanto faculdade, fomentando a parte do ensino, e nós [SMS], enquanto assistência, ofertando para a população nos postos e integrando o arsenal terapêutico da secretaria”, frisou.

O vice-reitor do Cesmac Douglas Apratto Tenório reafirmou a importância da assinatura do convênio na formação dos estudantes, contribuindo na vertente de pesquisa, extensão e ensino. Para a produção do xarope, a SMS fornecerá os insumos essenciais – como os princípios ativos e embalagens – e se responsabilizará pela logística de distribuição do medicamento produzido, por meio da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF).

Enquanto o Cesmac, por meio da Coordenação do Curso de Farmácia, ficará responsável por disponibilizar a sua estrutura de laboratórios de farmacotécnica e de Controle de Qualidade, equipamentos, RHs e responsabilidade de produção e controle de qualidade do medicamento que será formulado, obedecendo à legislação específica e vigente. Todo o processo de obtenção do medicamento será acompanhado e auditado conforme estabelecido nas cláusulas do convênio.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]