Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
18 de novembro de 2019
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Justiça do Trabalho determina que a Equatorial cumpra acordos firmados antes da privatização da Ceal
12/07/2019 às 22h30

Geral

Infecção urinária atinge mais mulheres que homens; saiba os motivos

Aquela dor ao fazer xixi, a presença de sangramento na urina ou odor diferente, são os primeiros sinais de que um indivíduo pode estar com infecção urinária. Patologia do trato urinário que não faz distinção de sexo ou idade, a infecção urinária é causada por bactérias e gera inflamação nos órgãos que contemplam o trato urinário. De acordo com o médico ginecologista e coordenador de obstetrícia do Hapvida, Romeu Menezes Neto, o problema costuma acometer mais as mulheres do que homens.

“Essa ocorrência da doença na mulher se dá pela própria anatomia da mulher. Com isso, a figura feminina tem a possibilidade de desenvolver uma infecção urinária duas ou três vezes mais que homens”, explica o especialista, dizendo também que em mulheres gestantes a ocorrência da infecção urinária é ampliada. Além de grávidas, a doença acomete com maior facilidade pessoas com cálculo renal e quem precisa fazer o uso de sonda.

 O especialista afirma que a infecção urinária é comumente provocada pela Escherichia Coli, bactéria encontrada nas fezes humana. “A bactéria é a causadora sempre, mais alguns hábitos podem tornar frequente a ocorrência de infecção urinária, como a pouca ingestão de líquidos, principalmente água e se privar de urinar quando se tem vontade”, destaca Romeu, que esclarece que o diagnóstico da doença se dá por meio da realização do exame de urocultura.

Após a realização da urocultura o tratamento se faz com o uso de antibióticos. Podendo ser realizado de forma temporária e de forma contínua em casos de mulheres gestantes.

 Seja em homens ou mulheres, a pessoa com infecção urinária deve estar atenta para necessidade de sempre ingerir bastante líquido e urinar regularmente para evitar qualquer possibilidade de infecção.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]