Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
14 de novembro de 2019
min. 24º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Marinha reforça limpeza de óleo no Nordeste com mais um navio
08/11/2019 às 21h30

Geral

Saúde leva orientações e serviços à Bienal do Livro

Participantes recebem orientações em saúde na Bienal. - Divulgação

Participantes da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas foram presenteados, nessa quinta-feira (07), com uma série de ações organizadas por gerências da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no estacionamento de Jaraguá.

A ação faz parte de uma programação elaborada pela SMS, que consiste na integração de setores para oferecer experiências que promovam saúde ao público da feira literária. Desta vez, a parceria foi entre a Gerência de Atenção à Saúde da Mulher, Gerência Geral dos Distritos Sanitários, Atenção Primária, Núcleos Ampliados em Saúde da Família (Nasf) e o Programa Municipal de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), HIV/Aids e Hepatites Virais.

A Gerência Geral dos Distritos Sanitários reuniu esforços com a Gerência de Atenção à Saúde da Mulher para trazer uma exposição das ações desenvolvidas pelas Unidades de Saúde durante este ano, com destaque para aquelas relacionadas ao recente Outubro Rosa, executadas pelas duas gerências.

A gerente-geral dos distritos sanitários da SMS, Virgínia dos Anjos, pontuou a importância desse tipo de abordagem em um evento como a Bienal. “É uma grande oportunidade de mostrar para um maior número de pessoas tudo o que a SMS vem desenvolvendo, além de integrar todos os setores e unidades envolvidas, valorizado o trabalho que cada um desempenha”, destacou.

Já Verônica Brandão, gerente de Atenção à Saúde da Mulher, descreveu os trabalhos como um complemento do que foi realizado no Outubro Rosa. “Estamos lidando com um público diferente daquele trabalhado no último mês, mas são crianças e jovens recebendo informações sobre prevenção em saúde da mulher e entrarão na fase adulta mais conscientes”, afirmou.

A saúde foi abordada também pelo Programa de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, que realizou uma roda de conversa sobre prevenção combinada, além de disponibilizar os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA), com a realização de testes rápidos para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

Oficinas para criação de colares de malha, dedoches para contação de histórias e de memorização também fizeram parte da programação. A iniciativa foi da equipe do Nasf, que também desenvolveu aulas de práticas corporais como alongamento e dança.

“Entendemos saúde como um conjunto de práticas saudáveis que contribuem para desenvolver nas pessoas um bem-estar permanente. Nesse sentido, ações culturais, esportivas e de lazer são imprescindíveis para que se chegue nos resultados esperados”, afirmou a assistente social do Nasf, Lúcia Barbosa.

Quem passou pelo espaço da SMS na Bienal também conferiu a exposição de peças artesanais confeccionadas pelos servidores, em parceria com usuárias das Unidades de Saúde da Família (USF) Edvaldo Silva, em Fernão Velho, e José Maria de Vasconcelos Neto, no São Jorge. Os grupos produzem as peças em reuniões semanais, comercializam na própria comunidade e dividem os lucros.

“Esse grupo tem feito a diferença na minha vida. Entrei em depressão profunda e recebi muito amor e apoio. Aqui encontramos uma ocupação, uma fonte de renda e, principalmente, a coragem para seguir em frente. Elas salvaram a minha vida”, contou a usuária Ana Carla Rocha, da USF José Maria de Vasconcelos Neto.

O dia contou ainda com a oferta de panfletos educativos, apresentação musical e distribuição de brindes confeccionados pelos servidores do órgão.


Fonte: Ascom SMS

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]