Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
06 de dezembro de 2019
min. 24º máx. 32º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel ANS suspende temporariamente a venda de 56 planos de saúde
03/12/2019 às 15h45

Geral

Prefeitura e Pnud apresentam resultados do programa Escolas Ativas

Prefeito Rui Palmeira ressaltou a importância da parceria com o PNUD. - Pei Fon/Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira participou, nesta terça-feira (3), da apresentação dos dados do programa Escolas Ativas, parceria consolidada entre a Prefeitura de Maceió e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que atende 5 mil alunos de dez escolas da rede municipal e deve ser estendido para outras unidades de ensino. O evento aconteceu no Jatiúca Hotel Resort.

Maceió é a primeira cidade a receber o programa, que visa incentivar a prática esportiva, atendendo a premissa de que o movimento é fundamental para o desenvolvimento humano.

O prefeito Rui Palmeira destacou a parceria com o Pnud. “O Escolas Ativas é mais uma prova de como essa parceria é proveitosa para nossa cidade. Com ela, avançamos nos índices educacionais de Maceió na última avaliação do Ideb. Foi a cidade que mais cresceu proporcionalmente”, comentou.

“O uso exagerado do celular e do videogame vem afastando as crianças do esporte e, através desse programa, queremos mudar essa realidade. Com isso, estamos, também reestruturando as unidades de ensino, com um cronograma de reforma e revitalização de 10 quadras poliesportivas”, finalizou o gestor.

A secretária de Educação, Ana Dayse Dorea, se mostrou animada com os resultados do projeto. “Essa foi uma excelente proposta. Recebemos professores da USP e técnicos do Pnud que realizaram uma formação com nossos professores. O objetivo é trabalhar o corpo e a mente. E trabalhar para que outras escolas façam parte desse movimento. Afinal, a escola prepara o estudante para o mundo”, disse.

Para a gerente de projetos do Pnud e coordenadora do Escolas Ativas, Vanessa Zanella, o projeto é muito amplo na perspectiva do desenvolvimento humano. “Nós temos a elaboração de uma metodologia de como ativar escolas, como tornar escolas mais ativas na atividade físico-esportiva. Também temos um caderno de desenvolvimento humano. Esse caderno é uma publicação que traz um guia para as escolas replicarem essa experiência no seu dia a dia”, explicou.

O conceito de Escola Ativa foi desenvolvido por meio de uma parceria entre a Universidade de São Paulo (USP) e professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que estabelece um marco teórico pautado em critérios que constituem a base da Escola Ativa. O projeto permite todo o envolvimento da comunidade. A Escola Ativa não é só ativa para as crianças e para os jovens, mas para todos.


Fonte: Secom Maceió

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]