Dólar com. 5,347
IBovespa 2,05
09 de julho de 2020
min. 22º máx. 27º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Marechal Deodoro se destaca por baixo número de mortes por Covid-19 entre cidades metropolitanas
25/03/2020 às 12h23

Geral

Covid-19: Rui Palmeira define ações com prefeitos de capitais brasileiras

De acordo com o prefeito Rui Palmeira, é unanimidade entre os gestores a manutenção das medidas de prevenção contra o coronavírus. - Pei Fon/Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira participou, na manhã desta quarta-feira (25), de reunião virtual com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), composta por prefeitos das capitais do Brasil, para discutir medidas articuladas de combate à Covid-19 (Coronavírus).

Durante o encontro virtual, os prefeitos discutiram a necessidade de manter o período de isolamento. Segundo o prefeito Rui Palmeira é unanimidade entre os gestores das grandes cidades brasileiras a manutenção das medidas publicadas. “A orientação é para os cidadãos permanecerem em casa. É um momento grave que estamos vivendo no nosso país e no mundo, e reforçamos a necessidade de as pessoas só saírem de casa em situações de extrema necessidade”, alerta Palmeira.

Além disso, foram debatidas questões referentes a arrecadação de impostos. O prefeito Rui Palmeira citou as medidas adotadas em Maceió que incluem a prorrogação nas datas de vencimentos de impostos, suspensão de processos administrativos, cobranças e a prorrogação da certidão de regularidade fiscal para tentar minimizar os impactos negativos na vida financeira da população durante este período.

“A Prefeitura de Maceió foi uma das primeiras a publicar um decreto com conteúdo tributário, com medidas que visam minimizar os efeitos para a população e para as empresas. Prorrogamos o pagamento do IPTU e da taxa de lixo por 90 dias, assim como o pagamento do ISS para micro e pequenas empresas. São 14 medidas importantes para conseguirmos atravessar esse período”, ressaltou o prefeito Rui Palmeira.

“Cobramos também medidas por parte do governo federal, medidas econômicas para minimizar os efeitos da crise, sobretudo para que micro e pequenas empresas não fechem suas portas. Fizemos um documento que será encaminhado o governo federal e estamos solicitando, mais uma vez, o envio de insumos. Todas as cidades brasileiras estão com problemas de abastecimento de máscara, luvas, álcool em gel. Precisamos do apoio do governo federal e vamos continuar cobrando por meio da Frente Nacional dos Prefeitos. Tenho certeza que essa união é importante nesse momento de aflição para todos nós”, concluiu.


Fonte: Secom Maceió

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]