Dólar com. 5,366
IBovespa -1,18
28 de setembro de 2020
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel TJRJ escolhe desembargadores para processo de impeachment
05/08/2020 às 21h30

Geral

Cmei incentiva leitura durante isolamento social

Atividade ajuda a criar vínculo das crianças com a unidade e desenvolve o gosto pela Literatura por meio propostas lúdicas

Professora Potyra Dias gravou vídeo com poesias

Com o objetivo de levar Literatura para as crianças durante o isolamento social provocado pela pandemia de Covid-19, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) São Sebastião tem produzido vídeos com poesias e brincadeiras populares. O material é elaborado pelas professoras e compartilhados nos grupos de Whatsapp com o objetivo de estimular a leitura, de forma mais eficiente e lúdica.

Desde antes da pandemia, o Cmei já trabalhava ações de leitura e escrita, com diversos temas. No roteiro, textos informativos, receitas de culinária, letras de músicas e leitura de contos clássicos. A leitura diária na sala de referência das crianças e a dramatização de histórias, utilizando fantoches e fantasias com músicas e poesias, faziam parte da rotina dos pequenos.

Com a quarentena, a gestão do Cmei e todo seu corpo docente, a partir de uma reunião on-line, perceberam a necessidade que as crianças tinham de desenvolver boas práticas de leitura, em casa, durante o isolamento social. Foi aí que o projeto de incentivo à leitura ganhou o apoio das professoras que passaram a criar vídeos e compartilhá-los em grupos de WhatsApp.

Segundo a professora Potyra Dias, o novo formato foi um desafio que possibilitou um novo leque de contatos com as crianças e suas famílias durante o isolamento. “Tivemos algumas dificuldades em produzir os vídeos inicialmente, visto que não tínhamos domínio sobre as tecnologias necessárias. Mas, como todo bom professor, tivemos que nos recriar e, assim, poder continuar a oferecer estas atividades, que já eram tão conhecidas dentro da jornada de trabalho com as crianças. Hoje nos sentimos mais tranquilas em adquirir esta nova forma de proporcionar bons momentos de leitura para as crianças e suas famílias”, disse.

O WhatsApp tem sido a plataforma escolhida para interagir com as crianças pela sua facilidade de acesso e manuseio, como conta a coordenadora pedagógica da unidade, Cíntia Cristina Alves de Oliveira Moraes. Segundo ela, a interação da professora com as crianças, ao propor novas atividades e projetos, permitiu um laço contínuo por meio de respostas mais dinâmicas. “Nós já usávamos o WhatsApp como principal canal de comunicação, pois as famílias respondem mais rápido e o acesso é melhor. Além disso, podemos nos comunicar por áudio e as crianças acabam sempre participando, pois elas não sabem ler por conta da idade e passam a se expressar conosco mandando áudios”, explicou.

De acordo com Jaqueline dos Santos, mãe de Evelyn Sophia dos Santos Maciel, de 3 anos, o incentivo à leitura tem sido fundamental para o desenvolvimento da filha durante a pandemia. “Sobre participar desse projeto, eu me sinto bastante bem, porque acabo tendo ainda mais interatividade com a minha filha e nos divertimos mais com as atividades propostas. Em relação aos vídeos, acredito que ajudou bastante na interatividade e educação da minha pequena. E ela sempre fica pedindo para assistir mais e mais vezes”, contou.


Fonte: Ascom Semed

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]