Dólar com. 5.5868
IBovespa 0.34
18 de abril de 2021
min. 25º máx. 29º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Novo calendário de vacinação contra covid-19 inicia neste sábado (17)
04/01/2021 às 08h59

Geral

Empresária une alimentos e consciência ambiental

Divulgação

Por Redação

Alimentação e consciência, o que terão em comum? Como nos alimentarmos sem dietas pesadas e de forma saudável, a nos permitir bem-estar físico e mental? A Mar­mita Consciente, uma proposta nascida da empresária Paloma Tavares, nos dá esse caminho. Uma empresa bem caseira e familiar que vende marmitas congeladas saudáveis por delivery, com clientes em Maceió, Olho D’Água das Flores e Santana do Ipanema. E a dona dessa cozinha e desse empreendimento conta com o suporte da mãe, na capital, e do pai, no Sertão, mas a verdadeira inspiração dessa iniciativa se chama Malu, tem 11 meses de idade, e foi ela quem obrigou a mãe a pensar com consciência na sua e na alimentação de uma clientela consciente. 

“Quando precisei iniciar a alimentação para a minha filha, tive a ideia de abrir uma empresa de congelados saudáveis e juntar, a ela, a proposta da consciência ambiental”, explica Paloma, acrescentando: “Em 2019 o Brasil levou o título de 4° maior produtor de lixo plástico, sendo um dos países que menos recicla, então, busquei com a Marmita Consciente criar algum mecanismo que pudesse facilitar o exercício do nosso compromisso com o meio ambiente e um deles é o Cartão Semente, que permite aos nossos clientes reutilizar a marmita para plantar sementes e assim dar um destino útil ao plástico”. 

Segundo a empresária, esse tipo de atitude que ela teve pode ter um impacto “imensurável não só para seus clientes, mas também para os que estão ao redor”. Ela acre­dita que através de pequenas ações, será possível mudar o mundo para melhor. Ou, pelo menos, conscientizar mais pessoas do significado ambiental para a saúde a vida da população. Paloma Tavares conversou com a Painel Alagoas e contou da sua rotina com esse empreendimento. 

Painel Alagoas - Quem faz a empresa Marmita Consciente? Como vocês se organizam empresarialmente, quem cuida do que? 

Paloma Tavares - Atualmen­te, quem está à frente da grande maioria dos processos da empresa sou eu. É a famosa “Eupresa”. Minha mãe me dá um suporte no preparo das marmitas e eu faço toda parte administrativa, burocrática e de mar­keting. Além disso, também temos as entregas que atualmente são feitas em Maceió, Olho d’Água das Flores e Santana do Ipanema. No Sertão, conto com o suporte do meu pai e em Maceió, temos o Emanuel. 

É difícil manter a logística da entrega? Qual a média de entregas por semana?

Nunca tive nenhuma dificuldade com as entregas. Geralmente fecho os pedidos um dia antes da produção para me organizar em relação às compras e cozimento dos alimentos. Atualmente entregamos cerca de 150 marmitas por semana. Estamos engatinhando nesse nicho e não temos pressa. Estou me especializando para oferecer aos clientes não só o produto final, mas também conteúdo útil sobre esse universo. 

O consumidor da Marmita Consciente é em geral exigente? O que mais o público de vocês consome? 

Sim. Nós sempre buscamos entender quais as reais necessidades dos nossos clientes. Alguns querem emagrecer, outros buscam definição muscular, saúde, entre outras coisas. Antes de fecharmos um pacote mensal, por exemplo, não dispenso uma boa conversa para alinharmos nosso produto aos objetivos do cliente. No início, nossa campeã de vendas era a lasanha de abobrinha. Atualmente, o spaghetti também de abobrinha tem sido o mais pedido entre as opções que disponibilizamos semanalmente. As opções low carb sempre são muito pedidas. 

Onde vocês compram os produtos? Há facilidade com fornecedores? É possível garantir uma boa marmita a um preço razoável? 

Tenho fornecedores fixos para algumas coisas como, por exemplo, as embalagens. Lembro que no início comprei apenas um pacote dos potes retangulares e hoje já peço a caixa. Não só porque as vendas aumentaram, mas também para otimizar o tempo e facilitar a organização da produção. Em relação aos valores das marmitas, estamos dentro do padrão do mercado. Infelizmente, desde que a pandemia começou estamos lidando com muitas oscilações em vários aspectos e, com certeza, o que mais vem chamando a atenção de todos é o preço dos alimentos. Por esse motivo temos pesquisado bastante para que o aumento não seja repassado ao cliente, mas sabemos que em algum momento precisaremos realizar reajustes. Contudo, sempre ressalto a importância de focar nos benefícios do que está sendo consumido, entendendo que ao investir numa refeição saudável estamos investindo em nós mesmos. 

O que tem de inovador e de consciente no cardápio? Agora, para o verão, o que o consumidor por esperar de novidades? 

- Nossas refeições são leves e funcionais. Por esse motivo, sugerimos o consumo não só no almoço, mas também no jantar. O “consciente” na verdade surgiu pelo fato de estarmos alinhadas a questões ambientais emergentes. Há anos o nosso Planeta vem dando sinais que nós precisamos cuidar melhor do ambiente em que vivemos. Nosso planeta é gigante, mas a capacidade de regeneração dos recursos naturais que temos hoje infelizmente é finita e se não nos atentarmos para fazer a diferença através de pequenas ações, o futuro das nossas crianças será́ no mínimo caótico. Por isso convidamos vocês a fazerem parte desse processo simples e muitíssimo necessário para nossa sobrevivência. Vamos juntos? Quanto ao próximo verão estamos fechando um cardápio de sucos funcionais junto a um nutricionista que a partir do ano que vem fará parte do nosso time. 2021 será um ano incrível para todos nós!

SERVIÇO

Os pedidos podem ser feitos pelo direct do perfil no instagram @marmitaconsciente ou através nos números disponíveis também no perfil. Link na bio, assim como todas informações referentes à logística de pedidos nos destaques. 


Fonte: Painel Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]