Dólar com. 5.6193
IBovespa -0.32
04 de março de 2021
min. 25º máx. 31º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Vacina Covaxin apresenta eficácia de 81%, diz laboratório indiano
23/02/2021 às 20h00

Geral

Sesc interdita campo de futebol para preservar ninho de pássaros

Atitude reafirma o compromisso da instituição com a preservação do meio ambiente

Divulgação

O Sesc Alagoas interditou um dos campos de futebol da Unidade Guaxuma em virtude de um ninho de pássaros da espécie "quero-quero" ter sido encontrado no local. A iniciativa reforça o compromisso da instituição com a preservação do meio ambiente e dos animais que se abrigam na área onde funciona a unidade de lazer da instituição, no Litoral Norte.

Após a interdição do espaço, o campeonato de futebol do Sesc passou por algumas mudanças de logística, sendo integralmente transferido para um outro campo da unidade e passando a acontecer em um período de tempo maior em razão do número de times que estão competindo.

Com pernas finas e longas e uma elegância singular, a espécie de aves "quero-quero" é conhecida por ser grande defensora de ninhos e de filhotes. Geralmente, o quero-quero é encontrado em áreas de lagoas, lagos, rios e riachos e em terras com pastagens baixas.

O nome científico da ave é "Vanellus chilensis", mas ela é mais conhecida como quero-quero por causa do som característico que emite, normalmente, para defender o seu território.

A Unidade Sesc Guaxuma possui uma área de 35,7 hectares de Mata Atlântica e desenvolve uma série de ações que visam a preservação do meio ambiente, como a administração de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e atividades educativas e de reflorestamento.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]