Dólar com. 5.2123
IBovespa -3.08
30 de julho de 2021
min. 19º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Governo do Estado amplia incentivos fiscais para a cadeia atacadista
21/07/2021 às 13h36

Geral

É falso que exista um site para cadastro em auxílio cesta básica

Mensagem enganosa atrai pessoas em situação de vulnerabilidade social

Secom Alagoas

Circula em grupos do WhatsApp um link para uma possível consulta e solicitação de Auxílio Cesta Básica, oferecido pelo governo. A mensagem é falsa e dados preenchidos em formulários podem ser usados para golpes. O nome do benefício é encontrado apenas no estado do Ceará.

A mensagem apresenta um link, mas a página não está mais no ar. Apesar disso, o conteúdo viralizou pelas redes sociais. “Olha vê se vc tem direito ao Auxílio Cesta Básica para comprar alimentos, as famílias podem consultar e solicitar o benefício aqui (sic)”, diz o texto com o endereço do site.

Atualmente não existe cadastro, nem consulta a um suposto Auxílio Cesta Básica. Por ter o nome de auxílio, o texto pode levar a crer que seria um programa federal. Um benefício com o mesmo nome existe no estado do Ceará. O auxílio beneficiará 150 mil famílias com um cartão alimentação de R$ 200 reais. No entanto, além de ser restrito aos cearenses, o cadastro foi encerrado em junho.

Muitos conteúdos falsos se aproveitam da crise econômica, causada pela pandemia, para atrair a atenção dos usuários de aplicativos de mensagens na tentativa de ganhar acessos e até mesmo promover golpes.

O site Boatos.org já checou uma mensagem semelhante, mas com outro link. Outros nomes de programas sociais foram inventados com o mesmo foco de enganar as pessoas. Os supostos cadastros para o Vale Gás e Merenda em Casa, por exemplo, também já viralizaram e foram desmentidos pela editoria Alagoas Sem Fake.

Algumas iniciativas governamentais durante a pandemia podem fazer com que as pessoas acreditem neste tipo de mensagem falsa. Em Alagoas, o governo começou a distribuir 250 mil cestas básicas aos 102 municípios por meio do programa Vacina Alagoas. Serão beneficiadas famílias em situação de vulnerabilidade social já cadastradas nos programas sociais. Não houve cadastro e a entrega dos alimentos será feita por meio da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social. (Seads) e Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). No início da pandemia foram 200 mil cestas distribuídas. 

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890. Clique aqui para enviar agora.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]