Dólar com. 5.2211
IBovespa 0.58
28 de junho de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Beneficiários com NIS final 8 recebem hoje Auxílio Brasil
24/05/2022 às 07h30

Geral

Novo trecho da Av. Humberto Mendes é interditado para obras de esgotamento sanitário

Intervenções fazem parte do Projeto Renasce Salgadinho

Via seguirá interditada por trinta dias. - Bárbara Wanderley/Secom Maceió

A partir desta segunda-feira (23), um trecho da Avenida Humberto Mendes, no bairro Poço, que vai do Viaduto Ib Gatto Falcão até a linha férrea, passará por uma interdição total da via, no período diurno, das 7h às 17h. A etapa da obra deve durar 30 dias. As obras serão para implantação da rede de esgotamento sanitário.

Ainda durante o período de trabalho, a região contará com isolamento e sinalização do local, atendendo a todos os protocolos de segurança operacional. Fora do horário da interdição a circulação de veículos estará normalizada.

Rota Alternativa

Os condutores que desejam transitar pelo local deverão acessar a Rua Barão de Atalaia e, em seguida, a Rua Mizael Domingues, que fica em frente ao Instituto Federal de Alagoas.

Equipes volantes da SMTT farão rondas pela área para que a segurança viária dos maceioenses que utilizam a avenida seja assegurada.

Transporte Coletivo 

Os itinerários dos ônibus que acessavam a via serão alterados durante a interdição. As linhas 703 – Benedito Bentes / Ponta Verde via Gruta e a 712 – Santos Dumont / Ponta Verde via Farol deverão, após descer a ladeira Geraldo Melo, transitar pela Rua Pedro Paulino, Rua do Uruguai, Avenida da Paz e realizar o retorno no coreto de Jaraguá, seguindo seu itinerário normal pela Avenida Industrial Cícero Toledo.

Já a linha 602 – Salvador Lyra / Iguatemi deverá realizar o desvio pela Rua Pedro Paulino e realizar a conversão à esquerda na Avenida Walter Ananias, para retornar ao seu itinerário original. Os coletivos realizam o desvio no sentido de ida da viagem.

Renasce Salgadinho

O conjunto de obras segue em diversos bairros e irá mudar a realidade da cidade. Os investimentos são de R$76,4 milhões, da Companhia Andina de Fomento (CAF), e contam com intervenções a curto, médio e longo prazo.


Fonte: Ascom UGP / Ascom SMTT

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]