Dólar com. 5.1399
IBovespa 0.58
16 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel CNJ apura denúncias de assédio sexual contra juiz do trabalho de SP
05/08/2022 às 22h30

Geral

Vara de Viçosa entrega doações para população atingida por enchente

Moradores como a dona de casa Elisângela Ferreira da Silva, que tem seis filhos, receberam cobertores e produtos de higiene

Juíza Juliana Batistela (de verde) e servidores visitaram casas para entregar doações. - Dicom TJAL

A juíza Juliana Batistela e os servidores da Comarca de Viçosa distribuíram doações, nesta sexta-feira (5), para os moradores atingidos pela última enchente que atingiu a cidade, no final de julho. 500 cobertores e 200 kits de produtos de higiene pessoal foram adquiridos com recursos advindos de transações penais homologadas pela unidade judiciária.

Pessoas como a dona de casa Elisângela Ferreira da Silva, que tem seis filhos, foram contempladas com as doações. As chuvas derrubaram o “barraco” onde ela morava, e ainda levou parte de sua mobília. Hoje ela recebe o aluguel social da Prefeitura para ter onde viver.

“Começou a derrubar as paredes, entrar água dentro de casa. Quando foi no outro dia, o barracão caiu por cima do guarda-roupa. Juntar um dinheirinho pra comprar um barraco e ver assim cair de repente...foi triste", relatou Elisângela.

A juíza Juliana Batistela explicou que a destinação dos recursos, originários de prestações pecuniárias das suspensões condicionais de processo por meio de transações penais, foi decidida com a concordância do Ministério Público, tendo em vista a carência de produtos de higiene e cobertores, em um período de frio na cidade.

"É uma ação meramente assistencialista, não é função do Poder Judiciário, mas a ideia também é estar mais próximo da população. Saber a situação em que as pessoas vivem, vir aqui ver essa realidade paupérrima, nos sensibiliza quando vamos julgar uma causa. Isso é muito importante para nós do Judiciário", ponderou Batistela.

O servidor Thiago Cavalcante participou da entrega de donativos. "A gente se sente bastante sensibilizado com a situação”, comentou. “A gente se coloca no lugar das pessoas. Isso nos desperta aquela vontade de ajudar o próximo. Poder ajudar alivia a alma e o coração”.


Fonte: Dicom TJAL

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]