Dólar com. 4.9703
IBovespa 0.58
01 de março de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF adia julgamento sobre revisão da vida toda do INSS
11/12/2023 às 08h00

Geral

Os benefícios da ponte de safena para o tratamento da doença arterial coronariana

Obstrução nas artérias do coração pode comprometer qualidade de vida do paciente e causar sintomas como sensação de falta de ar, cansaço e desmaios

Divulgação

Conhecida popularmente como "ponte de safena", a cirurgia de revascularização do miocárdio é, atualmente, uma das mais realizadas em todo o mundo. Esse tipo de procedimento é indicado quando as artérias coronárias estão obstruídas pela presença de gordura nas paredes dos vasos, o que resulta em uma diminuição do fornecimento de sangue e oxigênio para o músculo cardíaco. A indicação acontece quando não é possível o tratamento por meio do implante de stents (conhecido com angioplastia).

O cirurgião cardiovascular da Hapvida NotreDame Intermédica, José Leitão, explica os benefícios da cirurgia de ponte de safena e como ela ocorre. 

"A revascularização consiste em criar novos caminhos para o sangue que irriga o coração por meio da colocação de pontes feitas de enxertos de artérias ou veias. Ao longo dos anos, diversos estudos têm mostrado que esse procedimento é um dos mais efetivos, com excelentes resultados a médio e longo prazo, especialmente, nos pacientes com várias obstruções ou diabéticos, onde a durabilidade do stent é menor", diz.

Sensação de falta de ar, dores no peito, fadiga, suor frio, náuseas, inchaço nos pés e até desmaio são alguns dos principais sintomas que o paciente diagnosticado com doença aterosclerótica coronariana (DAC) também pode apresentar. "É importante contar com uma equipe multidisciplinar para discutir a melhor conduta médica e o melhor tratamento de acordo com as condições gerais de saúde de cada indivíduo", ressalta.

Com as novas técnicas, como a cirurgia cardíaca minimamente invasiva, encurta-se o tempo de internamento no pós-operatório e beneficiam-se, principalmente, os pacientes mais idosos, hipertensos e diabéticos.

Vida após a cirurgia de ponte de safena

O médico da Hapvida NotreDame Intermédica afirma que, após a cirurgia de revascularização, o indivíduo poderá, progressivamente, ter uma vida normal. "Após a alta hospitalar, estimulamos o paciente a retomar sua vida normal de maneira progressiva, inclusive com a prática de atividades físicas e a manutenção de hábitos de vida saudáveis, o que inclui alimentação rica em frutas, legumes e verduras, redução do estresse e acompanhamento regular de um cardiologista. A assistência médica é importante para controlar fatores de risco e garantir o sucesso do tratamento clínico", enfatiza.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]