Dólar com. 5.2397
IBovespa 0.58
18 de abril de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Comissão do Senado aprova aumento de salários de juízes e promotores
28/02/2024 às 11h57

Geral

Turismo alagoano tem registro de crescimento em 75% nos créditos do Banco do Nordeste

Em 2023, foram R$ 200 milhões financiados para o segmento de turismo em diversas regiões do estado

Maiores valores financiados foram contratados em São Miguel dos Milagres, Japaratinga, Coruripe, Piranhas, Maceió e Maragogi - Lucas Meneses - Ascom Setur

O Banco do Nordeste (BNB) concedeu R$ 200 milhões em linhas de crédito ao longo de 2023 para empresas do turismo alagoano, um aumento de 75% no comparativo com as contratações do setor em 2022. Este ano, a instituição já conta com propostas para novos financiamentos da atividade turística de cerca de R$ 170 milhões, ainda em análise.

As solicitações por recursos do BNB incluem a construção de quatro hotéis, sendo três resorts, no litoral norte do estado, além de reforma de equipamento hoteleiro na capital de Alagoas. Os maiores valores financiados foram contratados em São Miguel dos Milagres, seguido por Japaratinga, Coruripe, Piranhas, Maceió e Maragogi. 

De acordo com a secretária de Estado do Turismo de Alagoas, Bárbara Braga, a expansão do trade turístico de Alagoas é impulsionada principalmente pela parceria da iniciativa privada com o poder público. “Temos trabalhado em constante proximidade com as empresas para que sintam cada vez mais segurança jurídica e fiscal para investir no Destino Alagoas e depois reinvestir na expansão dos negócios. O apoio das instituições financeiras é de extrema importância para continuarmos fomentando este setor que já é um dos mais importantes da economia do estado”, destacou a secretária.

Para o superintendente estadual do BNB em Alagoas, Sidinei Reis, o resultado não surpreende, tendo em vista a consolidação do estado como um dos principais destinos turísticos do país. “O turismo alagoano está cada vez mais forte. O crédito do BNB acompanha esse movimento de alta, na medida em que é destinado para implantação de novos equipamentos turísticos, ampliação de leitos, modernização de gestão, capacitação, entre outras finalidades do financiamento”, afirma o representante do Banco do Nordeste.

Atualmente, 16 empreendimentos estão em construção em Alagoas para serem entregues até 2025. Nos últimos dois anos, dois hotéis foram inaugurados em Maceió e um resort em Japaratinga inaugurou a primeira de três etapas de expansão. 

Benefícios em Alagoas

Além das opções ofertadas pela instituição financeira nordestina, as empresas do turismo de Alagoas têm benefícios disponibilizados por diversas secretarias do Estado, como Turismo (Setur), Fazenda (Sefaz) e Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços de Alagoas (Sedics).

Entre os benefícios disponíveis há isenção de impostos e oportunidades de empréstimos com condições abaixo do mercado como Crédito do Trabalhador do Turismo. Em três linhas de créditos com empréstimos de até R$400 mil com taxas abaixo do mercado para empresas de porte MEI (microempreendedor individual), ME (microempreendedor), EPP (empresa de pequeno porte) ou LTDA.

Em se tratando de incentivos fiscais, o Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin) é um dos principais destaques da atratividade comercial de Alagoas. Com o objetivo de estimular a expansão, desenvolvimento e a modernização das empresas, o Governo do Estado oferece incentivos fiscais como redução de ICMS e outros benefícios como a cessão de terreno para grandes empreendimentos hoteleiros que queiram se instalar em Alagoas. 

Outra iniciativa do Governo do estado é a isenção do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para empresas de transporte e de guia de turismo. A Lei Estadual 6.555/2004 apoia os profissionais que possuem seu veículo como instrumento de trabalho no setor turístico e para garantir o benefício, é necessário que os trabalhadores estejam inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos) e que atendam aos requisitos da Secretaria da Fazenda (Sefaz).


Fonte: Ascom Setur

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]