Dólar com. 5.1107
IBovespa 8
20 de maio de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Arte, cultura e empreendedorismo se encontram em feira LGBT+ na Ponta Verde
24/04/2024 às 22h30

Geral

Alergista e imunologista pediátrica do Hospital da Criança destaca a importância da vacinação contra a gripe

Entre os grupos prioritários da ação preventiva, estão os pequenos de seis meses a menores de seis anos

No caso das crianças que estão recebendo o imunizante pela primeira vez, deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias - Carla Cleto/Ascom Sesau

Em razão do aumento da circulação dos vírus respiratórios no início do ano, a Campanha de Vacinação contra a Influenza começou mais cedo, visando evitar complicações graves da doença. Entre os grupos prioritários da ação preventiva, estão os pequenos de seis meses a menores de seis anos, que são os mais suscetíveis a ter o quadro clínico agravado caso adoeçam, segundo alerta a alergista e imunologista Natália Dias, que atua no Hospital da Criança de Alagoas (HCA), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

“É muito importante essa imunização, porque a gripe é uma doença causada por um vírus que pode causar doenças graves nessa faixa etária. Complicações sérias, que a gente não vê acontecendo nas outras pessoas que não fazem parte do grupo de risco. Por isso, os pais de crianças na faixa etária preconizada, não podem negligenciar e devem levar seus filhos aos postos de vacinação municipais, com o objetivo de vacinarem seus filhos e, desse modo, os protegerem", orienta a alergista e imunologista do HCA.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza vai até o próximo dia 31 de maio e os imunizantes estão disponíveis nos postos de vacinação da capital e dos 101 municípios do interior do Estado. No caso das crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez, deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias.

Natália Dias alerta para que os pais e responsáveis não deixem seus filhos sem tomar a vacina. “É muito importante que você leve seu filho e não esqueça da Caderneta de Vacinação para poder deixar a vacina em dia. Saiba que, se a sua criança tem alergia a ovo, ela também pode receber a vacina, desde que seja em uma unidade que tenha um profissional da saúde para observar seu filho em até uma hora após a vacinação”, explica a alergista e imunologista do HCA.

Além das crianças de seis meses a menores de seis anos, crianças indígenas de seis meses a menores de nove anos, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, entre 12 e 21 anos, também fazem parte do público-alvo da campanha. Também podem se vacinar contra a Influenza os trabalhadores da saúde; gestantes; puérperas; professores dos ensinos básico e superior e os povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais; pessoas em situação de rua; profissionais das forças de segurança e de salvamento; e profissionais das Forças Armadas.

Ainda com relação à Campanha de Vacinação contra Influenza deste ano, as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade) devem ser imunizadas. A ação de prevenção contempla, ainda, as pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores do transporte rodoviário coletivo; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]