Dólar com. 3,791
IBovespa 0.86
18 de março de 2019
min. 27º máx. 33º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Polícia identifica turco de 37 anos como suspeito de ataque na Holanda
11/01/2019 às 21h40

Política

Secretário de Administração Penitenciária no RJ é condenado pelo TCE

No momento em que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) anuncia política de contenção de gastos, o novo titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), coronel Alexandre Azevedo, é alvo de uma multa no valor de R$ 32,9 mil pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), por irregularidades em um contrato de fornecimento de alimentação.

O processo tem sete meses e trata-se de uma cobrança referente a sete aditivos incluídos por Azevedo em um contrato de fornecimento de alimentação para as unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) com a sociedade empresária Refeições Coletivas Administração e Serviços Ltda.

A ação diz respeito ao período em que Azevedo atuou como diretor-geral do Degase e envolve uma empresa que fornecia alimentos ao sistema. Azevedo foi nomeado ontem (10) em substituição a André Caffaro, funcionário de carreira da Seap, que ficou apenas dez dias no cargo.

Em seu voto, em junho do ano passado, o conselheiro do TCE Rodrigo Melo do Nascimento enumerou os erros encontrados no contrato firmado por Azevedo e afirmou que as defesas apresentadas "não lograram êxito em comprovar a regularidade dos atos, descumprindo, assim, os requisitos impostos pela Lei 8.666/93 [Lei de Licitações], assim como os princípios da economicidade e da vantajosidade".

A Seap foi procurada para se pronunciar sobre a decisão, mas até a publicação da reportagem ainda não havia se manifestado.


Fonte: Agência Brasil

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]