Dólar com. 5,360
IBovespa 0,23
28 de maio de 2020
min. 24º máx. 32º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Aras se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro
03/04/2020 às 17h44

Política

Rodrigo Cunha emenda texto que fixa regras que valerão enquanto durar a pandemia

Waldemir Barreto/Agência Senado

O Senado aprovou nesta sexta-feira uma matéria que resolve uma série de dúvidas que têm surgido durante esse período de pandemia do coronavírus, e fixa regras transitórias, que valerão apenas durante a crise sanitária. O senador Rodrigo Cunha contribuiu para o texto, e teve acatada emenda que mantém o direito de arrependimento de quem faz compras online. A pessoa só não pode desistir da compra, caso seja de algum remédio ou alimento perecível.

"Nesse período, o comércio pela internet tem crescido muito, e é importante estabelecer algumas regras que, por um lado preservem o direito de quem comprou de se arrepender, mas por outro mantenham a razoabilidade que o momento exige. Pedidos de comida perecível já não podiam ser cancelados. Agora incluímos os remédios, e estendemos o conceito para o delivery. É uma forma de deixar claro para o consumidor os direitos que seguem tendo, bem como de proteger um setor que tanto está ajudando o brasileiro a passar por essa crise, pontuou Rodrigo Cunha.

Outra emenda do senador acatada no projeto é a que busca evitar que haja oportunismo na fusão de empreendimentos empresariais. A ideia é que mesmo durante esta grave crise, o mercado produtivo se mantenha são e competitivo.

As novas normas aprovadas também proíbem despejos de moradores que vivem de aluguel até o dia 30 de outubro. E dá aos síndicos dos prédios residenciais poderes emergenciais para restringir o uso de áreas comuns e limitar ou proibir a realização de reuniões, festas e o uso de estacionamentos por quem não mora no edifício. Tudo isso com vistas a conter a propagação do coronavírus. O projeto foi aprovado em sessão virtual e agora segue para a Câmara.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]