Dólar com. R$ 3,182
IBovespa -0,29%
27 de abril de 2017
min. 24º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Interrogatório de Lula em Curitiba é adiado por Moro a pedido da Polícia Federal
20/04/2017 às 20h00

Entretenimento

Lara Melo volta à cena musical com o espetáculo Mar de harmonias

Foto: Divulgação

Nos dias 18 e 25 de maio, a partir das 19h30 – respectivamente, no Teatro Cenecista Thereza Auto Teófilo, em Arapiraca, e no Espaço Cultural Arte Pajuçara –, Lara Melo volta à cena musical com o espetáculo Mar de harmonias: a música de Chico Elpídio.

O show tem direção geral de Marilda Melo, direção musical de Willbert Fialho, direção artística de José Márcio Passos, direção de palco de Arnaud Borges, cenografia de Agélio Novaes, figurino de Andréa Almeida, produção executiva de Marilda Melo e Lara Melo e preparação vocal de Geová Amorim. A banda que a acompanha inclui músicos da estirpe do próprio Willbert Fialho (violão), Felix Baygon (contrabaixo), China Cunha (percuteria), Jiuliano Gomes (teclados), Everaldo Borges (sax e flauta) e Alysson Paz (bateria).

Mar de Harmonias está entre os projetos selecionados pelo edital Secult/Prêmio Diogo Silvestre de Música/2016 e é um carinhoso e justo tributo ao talento incomum do compositor Chico Elpídio. No palco, Lara projeta, em interpretações singulares, a música desse artista e parceiros como Pablo de Carvalho, Eliezer Setton, Geraldo Rebêlo e Edson Bezerra. A seleção musical é bastante representativa da obra do compositor que, a todo momento (com o apoio de seus parceiros), lembra ao ouvinte desavisado sua estreita e irrevogável relação com o mar de seus afetos: “a caravela que fiz, tem telhado e raiz / E não sai do meu cais” (Caravela, Chico Elpídio/Pablo Carvalho).

Segundo a cantora, não foi tarefa fácil garimpar, entre dezenas de importantes composições do homenageado, as 17 pérolas integrantes do repertório do espetáculo. “Ele compôs tanta coisa linda que, de vez em quando, nesse processo de produção, penso que estou sendo injusta com uma ou outra música que ficou de fora”, conta.

Kel Monalisa, Mari da Costa, Mel Nascimento, Giba Simplício, Andrea Laís e o próprio Chico Elpídio, fazem participações especiais que imprimem o DNA de cada intérprete e agregam valores à trilha de Lara Melo e do compositor reverenciado.

“Chico Elpídio é dono de um raro refinamento musical, compositor de harmonias sofisticadíssimas, faz parte da profunda tradição chorona, sambista e bossanovista de Alagoas” (Pablo de Carvalho)

Chico Elpídio iniciou a carreira musical tocando em bailes. Depois criou o Grupo Terra, um dos mais emblemáticos da música alagoana e com quem gravou o primeiro LP, lançado em nível nacional pela Warner Bandeirantes do Nordeste (1980). Três músicas desse disco integraram a trilha sonora das novelas O Meu Pé de Laranja Lima (Maria Fumaça e Noite Sertaneja) e Rosa Baiana (Literatura em Cordel), ambas apresentadas pela TV Bandeirantes.

Participou de diversos festivais de música, dentre eles, o Universitário e o Canta Nordeste e tem três CD´s gravados: Duas Caras (1995), gravado em parceria com Almir Lopes; Dilúvio (2005); e Contemporâneos (2012), disco totalmente realizado em parceria única com Pablo de Carvalho com quem compõe há exatos 10 anos.

Um acidente doméstico lhe custou a perda do anular da mão esquerda, apartando-o das belas harmonias do instrumento que se mistura a ele de forma simbiótica. Foram tempos de tristeza e solidão e, possivelmente, na tentativa ansiosa de se manter atrelado a esse amor incondicional, deve ter parafraseado outro gênio (Paulinho da Viola), na belíssima Tudo se transformou: “violão, até um dia/ quando houver mais alegria / eu procuro por você...”. E procurou mesmo, afinal, rendido aos encantos de seu grande amor. E retornou das cinzas, feito Fênix, mais genial e ousado que nunca.

É Pablo que reafirma a expertise e capacidade de superação do parceiro, constatada nessa década de sintonia fina: “Chico Elpídio é dono de um raro refinamento musical, compositor de harmonias sofisticadíssimas, faz parte da profunda tradição chorona, sambista e bossanovista de Alagoas. Apaixonado por sua cidade, sua terra natal, Chico desenvolve um forte sentimento por seu chão, por seu céu e por seu mar e vai cantá-los à sua maneira: lapidando melodias, cuidadosamente, burilando acordes, encontrando caminhos musicais cuja beleza não é apenas pura manifestação de talento, mas uma expressão de cuidado, homenagem e reverência por Maceió e Alagoas”.

“Mar de Harmonias será para o público, sem dúvida, uma bela viagem através da excelência de canções que falam ao coração e instigam a inteligência”. (Lara Melo)

A trajetória de Lara desponta com a missão de animar festas de família e de amigos que, a partir de certo momento, virou obrigatória. A princípio, a ideia era apenas tornar esses encontros ainda mais aconchegantes e inspiradores. Em seguida, provar que santo de casa também faz milagres e distribui relíquias.

Migrar dos ambientes domésticos para a atuação em outros eventos sociais foi consequência natural e, dessa forma, Lara não parou mais e seguiu amealhando experiência, informação e parceiros. O desejo de cantar, a fé nessa escolha de vida a levou para os palcos que a aguardavam, ávidos.

Nessa trilha, pode-se dizer que os quase 10 anos cantando no Coretfal lhe deram régua e compasso para sair da zona de conforto e enveredar por caminhos inéditos, até então. Em turnês pelo Brasil e pela Europa, o mundo ia sendo ampliado e os sonhos ficando cada vez mais ousados, deixando claro que não se poderia mais retroceder: estava selado o destino da artista.

A carreira solo começou a ser desenhada quando Lara partiu para a estreia profissional, cantando em festas de casamento e fazendo backing vocal para cantores alagoanos, dentro e fora do Estado. A primeira influência musical veio mesmo de Chico Elpídio, cujas canções protagonizam os momentos mais marcantes nos caminhos de Lara Melo.

Em 2012, nova reviravolta nessa vida de artista: o ingresso de Lara na trupe de samba Cai Dentro, onde segue atuando com a movimentada agenda do grupo que inclui apresentações em bares, restaurantes, festas particulares e teatros.

O primeiro espetáculo solo, Vertente, aconteceu em 2015, no centenário Teatro Deodoro, a mais importante casa de arte do Estado. O show registrou a celebração de 10 anos de música e trinta de idade – dos quais, quase metade dedicada à arte – e o fascínio por dois grandes compositores, dois grandes Chicos, um de cá, o outro do mundo: Chico Elpídio e Chico Buarque de Holanda ambos, inevitavelmente, presentes no repertório da cantora. Vertente misturou, de forma magistral, as duas identidades dos Chicos à de Lara: um amálgama perfeito das muitas histórias partilhadas.

Nesse rastro, a última edição de 2015 do MPB em Foco, da rádio Educativa, foi dedicado à Lara Melo. É que, por sua natureza desbravadora e informativa das boas e velhas novas no âmbito musical, o programa traduziu a aparição da cantora em carreira solo como ingrediente absolutamente compatível com as expectativas da audiência. A repercussão positiva de Vertente rendeu-lhe, também, a presença no palco das comemorações dos 200 anos de Maceió, realizadas pela Prefeitura.

Mar de Harmonias será para o público, sem dúvida, uma bela viagem através da excelência de canções que falam ao coração e instigam a inteligência. Para a artista, representa, antes de tudo, “a certeza de que é esse o caminho”. Ou, como diriam Chico Elpídio e Geraldo Rebêlo, em Vertente Musical, celebrando a principal essência do trabalho dos dois: “vem pra música, há tanta música, ouvir música e até dançar!”. Coisa de quem sabe ouvir os acordes e harmonias do mar.

Serviço

O quê: Espetáculo Mar de Harmonias, com Lara Melo e convidados

Quando: 18 e 25 de maio, às 19h30

Onde: Arapiraca - Teatro Cenecista Thereza Auto Teófilo / Maceió - Centro Cultural Arte Pajuçara, respectivamente

Entrada gratuita: Convites liberados

Em Arapiraca: na secretaria do colégio Bom Conselho, com Aroldo

Marques, a partir do dia 11 de maio.

Em Maceió: a partir do dia 24 (véspera), na bilhetetia do Arte Pajuçara, das

14 às 18 horas


Fonte: Assessoria


Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S