Dólar com. R$ 3,789
IBovespa -0,65%
23 de julho de 2018
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Termina hoje prazo para candidatos ao ProUni entregarem documentos
18/03/2018 às 12h30

Geral

Google se junta a Facebook e proíbe anúncios de criptomoedas

O objetivo, afirma o Google, é proteger o "ecossistema dos anúncios"

Google irá proibir propagandas de criptomoedas e conteúdo relacionado, como consultoria comercial e carteiras eletrônicas das moedas digitais. A nova diretriz será implantada a partir de junho deste ano. O objetivo, afirma o Google, é proteger o "ecossistema dos anúncios". 

"Este ano, atualizamos várias políticas para abordar anúncios de produtos financeiros não regulamentados ou especulativos, como opções binárias, criptomoedas, mercados de câmbio de moedas estrangeiras e contratos de diferença", afirma a companhia em seu blog (link em inglês).

A medida se assemelha ao feito pelo Facebook em janeiro ao proibir anúncios de criptomoedas, ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês). "Os anúncios não devem promover produtos e serviços financeiros que são frequentemente associados a práticas promocionais desonestas ou enganosas", disse a a empresa de Mark Zuckerberg em comunicado publicado na época. Com informações do Sputnik Brasil.


Fonte: Notícias ao Minuto

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]