Dólar com. 5.4291
IBovespa 8
12 de julho de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava Jato
27/04/2024 às 12h30

Blogs

26/04 - Dia nacional de prevenção e combate à hipertensão arterial


A hipertensão arterial, comumente chamada de pressão alta, é uma doença crônica e silenciosa, de acordo com a Organização Mundial de Saúde esta condição atinge um a cada três adultos no mundo. Por ser uma doença silenciosa, muitos que têm essa condição demoram para iniciar os cuidados necessários, por essa razão, o Ministério da Saúde recomenda que todos os adultos acima de 20 anos verifiquem a pressão arterial no mínimo uma vez por ano, e se os valores das pressões máxima e mínima estiverem iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9) é um sinal de alerta, e deve-se de prontidão procurar atendimento médico e nutricional.

No que se refere às causas da pressão alta, o Ministério da Saúde aponta também que 90% dos casos é herança dos pais, porém, há fatores que influenciam no diagnóstico precoce e agravo dos sintomas, e que estão diretamente relacionados aos hábitos comportamentais e nutricionais, são estes:

●  Fumo;

●  consumo de bebidas alcoólicas;

●  obesidade;

●  estresse;

●  elevado consumo de sal;

●  níveis altos de colesterol;

●  falta de atividade física.

Portanto, para prevenir e/ou reduzir os danos desta doença que atualmente atinge cerca de 30% da população adulta e é um fator de risco para lesões cardíacas, é essencial adotar hábitos saudáveis, principalmente, relacionados a escolhas alimentares. E estes hábitos começam com inclusão de mais alimentos in natura, a exemplo das raízes, verduras e frutas, e a consequente redução de alimentos ultraprocessados, que geralmente são ricos em sódio e carentes de nutrientes essenciais para o organismo, como vitaminas e minerais.

Com isso, um acompanhamento nutricional torna-se indispensável para a manutenção da qualidade de vida, independente da condição de hipertensão arterial é importante que se consulte um profissional de Nutrição sempre que possível, pois este irá auxiliar o paciente a realizar as melhores escolhas dentro das suas possibilidades, sem julgamentos, e acolhendo todas as condições que compõem sua saúde física e mental.

Fontes:

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). Hipertensão (pressão alta). Saúde de A a Z, Brasil Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/h/hipertensao. Acesso em: 18 abr. 2024.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE (OPAS). Relatório lançado pela OMS detalha o impacto devastador da hipertensão e as formas de combatê-la. OPAS, 19 set. 2023. Disponível em: https://www.paho.org/pt/noticias/19-9-2023-relatorio-lancado-pela-oms-detalha-impacto-devastador-da-hipertensao-e-formas. Acesso em: 18 abr. 2024.


Medicina & Saúde por Dr. Rogério Barboza

Rogério Barboza  é médico ortopedista, com área de atuação em trauma desportivo, ortopedia pediátrica, gestão em saúde e auditoria médica. Supervisor do programa de residência médica em ortopedia e professor especialista da disciplina de ortopedia do curso de medicina. Coordenador do Núcleo de Assistência do Pé Torto.

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]