Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
13 de dezembro de 2019
min. 25º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Procon Maceió realiza pesquisa de diárias de hotéis e pousadas
16/04/2019 às 10h36

Blogs

OAB Nacional designa advogada alagoana para compor Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado

Foto:OAB/AL

A presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB Alagoas, Taciana Omena, foi nomeada pelo presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, para integrar a Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado (EOU) durante a gestão do triênio 2019/2021. A resolução que designa os novos membros da Coordenação foi assinada na última terça-feira.

O presidente da OAB Alagoas, Nivaldo Barbosa Júnior, parabenizou a advogada pela nomeação. “Alagoas mais uma vez vem se destacando no cenário nacional e mostrando sua força, com brilhantes advogados e advogadas nomeados para compor comissões e coordenadorias no âmbito do Conselho Federal. Não há dúvidas que Taciana Omena estará representando de forma primorosa a advocacia, o que já vem demonstrando em sua atuação local”, comemorou.

A advogada é a representante de Alagoas na Coordenação, que será presidida pelo secretário-geral da OAB Nacional, José Alberto Simonetti, e composta ainda por Conselheiros Federais, Presidentes de Seccionais, membros da Escola Nacional de Advocacia (ENA) e das Comissões Nacionais de Educação Jurídica e de Exame de Ordem.

"Sinto-me honrada em integrar a Coordenação Nacional e espero contribuir para o aperfeiçoamento do Exame de Ordem, o qual considero fundamental. O número de faculdades de direito vem crescendo no país e este exame contribui para que os novos profissionais cheguem ao mercado com o compromisso com a qualidade. A OAB preza para que os jurisdicionados disponham de um serviço de extrema responsabilidade”, colocou Taciana Omena.

A Coordenação Nacional de Exame de Ordem zela pela boa aplicação da prova, além de acompanhar e supervisionar todas as etapas de preparação e realização do Exame. José Alberto Simonetti afirma estar preparado para assumir a presidência da Coordenação do Exame.

“A coordenação deve debater, ainda neste semestre, com professores as mudanças curriculares do curso de Direito e os impactos no Exame. Também vamos realizar um evento para debater o Exame de Ordem”, explica José Alberto Simonetti.

Compõem ainda a Coordenação Nacional do EOU os seguintes advogados:

Conselheira Federal Raquel Bezerra Cândido (DF)

Conselheiro Federal Luiz Cláudio Silva Allemand (ES)

Presidente Seccional Auriney Uchôa de Brito (AP)

Presidente Seccional Rafael de Assis Horn (SC)

Presidente Seccional Ricardo Ferreira Breier (RS)

Membro da Escola Nacional de Advocacia Ronnie Preuss (PE)

Membro da Comissão Nacional de Exame de Ordem Lycia Braz Moreira (RJ)

Membro da Comissão Nacional de Educação Jurídica Marisvaldo Cortez (GO)

Presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem Daniel Müller Martins (PR)

Presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem Taciana Mendes Omena de Souza (AL)

Exame

O Exame de Ordem decorre do artigo 5º, § XIII, da Constituição Federal. Ali está estabelecido que “é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer”. Neste caso, trata-se da Lei Federal nº. 8.906 de 1994, o Estatuto da Advocacia.

A aprovação no Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado ou advogada, conforme previsto no artigo 8º, IV, da Lei 8.906/1994. O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação em Direito ou dos dois últimos semestres.

*Com informações da OAB Nacional


Fonte: OAB/AL


Painel Jurídico por Redação e Assessorias

Conteúdo informativo sobre assuntos de âmbito jurídico de interesse popular.

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]