Dólar com. 5.111
IBovespa 0.58
09 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira
11/12/2021 às 16h20

Blogs

Arthur Lira, o algoz da enfermagem

PARA REFLETIR

A MINISTRA ROSA WEBER DEIXOU O ORÇAMENTO, MAIS OU MENOS SECRETO. COISAS DAS RELAÇÕES ÍNTIMAS DOS PODERES. 

Arthur Lira, o algoz da enfermagem

Durou pouco a alegria dos profissionais de enfermagem que comemoraram a aprovação do seu piso salarial nacional. Aprovado no último dia 24 pelo Senado, o projeto que cria o piso salarial da categoria  dificilmente será votado este ano na Câmara. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), informou a deputados da Frente Parlamentar da Enfermagem que não pretende pautar a proposta em plenário, mas, sim, levá-la à análise de comissões temáticas. Se Lira não mudar de ideia, o texto começará a ser discutido do zero pelos deputados apenas em 2022.

A decisão é vista por deputados ligados à categoria como uma forma de barrar o projeto, que enfrenta forte resistência de prefeitos, que alegam não ter recursos para bancar os novos valores, de hospitais privados e Santas Casas de Misericórdia. Prefeitos alegam que a medida terá impacto de R$ 9 bilhões sobre os cofres municipais.

Sendo assim, fica também o “ajuste de contas” dos profissionais de enfermagem com o deputado que é candidato a reeleição.

Fecomercio é destaque

Desde que assumiu a presidência da Federação do Comércio de Alagoas, o empresário Gilton Lima, implantou uma gestão de resultados na instituição que engloba também as administrações do Sesc e Senac, dois polos de convergência de ensino profissionalizante, que formam milhares de profissionais todos os anos para inclusão no mercado de trabalho formal. Em sua administração, Gilton Lima, que é uma personalidade muito admirada no meio empresarial e político, tem conseguido avanços institucionais importantes com sólidas parcerias públicas e privadas trazendo grandes benefícios, fazendo crescer muito o número de serviços prestados à classe.

Além das inúmeras realizações nas atividades fins da Fecomércio, através do Sesc, Senac vários programas sociais e de assistência beneficiaram milhares de famílias alagoanas, em situação de vulnerabilidade.

Recentemente Gilton Lima foi agraciado com a Comenda Senador Arnon de Mello (Instituto Arnon de Mello) por sua participação efetiva no desenvolvimento alagoano e sua história de empreendedorismo e reinvenção na sua vida empresarial de mais de 30 anos.

Arapiraca em caos

O deputado estadual Tarcizo Freire, que raramente sobe à tribuna da Assembleia Legislativa resolveu falar e falou bonito. Em contundente discurso apontou a situação caótica em que vive a administração do prefeito Luciano Barbosa de Arapiraca. Narrou a grave situação dos setores de educação e saúde do município e a negligente gestão de Barbosa que tem se mostrado incapaz de realizar a gestão que prometeu em campanha.

O parlamentar finalizou seu discurso com um recado para Luciano Barbosa: “Prefeito, nós políticos temos que ser o remédio e não o veneno do povo que nos elegeu”.

Paulo Dantas, o preferido

Se o poder de indicação do substituto do governador Renan Filho ficar por conta da Assembleia Legislativa, o que provavelmente acontecerá, o nome já está definido e será o sertanejo Paulo Dantas. O martelo foi batido e a maioria dos parlamentares não abre mão da escolha. Para a eleição direta de governador, tudo vai depender da avaliação do “conjunto da obra” de Dantas, durante o período de sua gestão. O hoje deputado e amanhã governador, passará por uma avaliação da mesma Assembleia, para definir o seu futuro por mais quatro anos.

A maldita Braskem

Dá para perceber que “há algo no ar além dos aviões de carreira” (frase antológica do Barão de Itararé – quando existia algo de suspeito em uma história)

com esse aparente “compadrio” entre uma empresa criminosa e instituições que deveriam defender o direito dos milhares de pessoas atingidas pelo brutal acidente, cometido de forma, no mínimo, eventualmente dolosa (dolo eventual é um tipo de crime que ocorre quando o agente, mesmo sem querer efetivamente o resultado, assume o risco de o produzir).

Enquanto as pessoas lutam para receber indenizações injustas, outras desesperadas buscam socorro médico em busca de cura para os males causados pelo trauma da perda de seus bens e suas referências de uma vida e ainda muitos que enterram seus mortos pelas mesmas consequências. Assistimos, com indignação, um juiz de direito proibir uma manifestação pacífica na porta da empresa criminosa, inclusive com a presença de alguns parlamentares. O fato repercutiu na Assembleia Legislativa.

Um presidente tosco

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro, na contramão da ciência e dos cuidados com  a população, prega o negacionismo e alardeia sua tosca opinião sobre a vacina, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou, sob a relatoria do ministro Vital do Rêgo, que o estado brasileiro exija de visitantes estrangeiros que comprovem ter completado o ciclo vacinal relativo à Covid-19, a exemplo de diversos países ao redor do mundo.

A recomendação da Corte de Contas se dirigiu especificamente à Casa Civil e aos Ministérios da Justiça e Segurança Pública, da Saúde e da Infraestrutura. Caso resolvam não exigir o cartão de vacinação atualizado, esses órgãos deverão apresentar ao TCU as devidas justificativas técnicas.

O Tribunal determinou ao Ministério da Saúde que “incremente a transparência das informações relativas às contratações e aquisições, visando ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. Também é necessário melhorar o sistema de Tecnologia da Informação (TI) que controla a distribuição de vacinas a Estados e Municípios”, acrescentou Vital do Rêgo. 

Pílulas do Pedro

Se eu fosse o governador tampão, manteria George Santoro na Fazenda. Mas não sou, não é?

Paulo Dantas já aparece na fita, com jeito de governador. Ativo, articulado, tem destino e vocação. 


Pedro Oliveira por Pedro Oliveira

Jornalista e escritor. Articulista político dos jornais " Extra" e " Tribuna do Sertão". Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB. É presidente do Instituto Cidadão,  membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]