Dólar com. 4.7295
IBovespa 0.58
28 de maio de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar até R$ 1 mil do FGTS
20/12/2021 às 08h30

Blogs

O “fundão” recupera status bilionário


Serão gastos R$ 5,7 bilhões nas eleições brasileiras ano que vem. 

O presidente Jair Bolsonaro tinha vetado esse valor, mas o Congresso Nacional – Câmara e Senado – derrubou bonitinho o veto semana passada e manteve o que já tinha sido aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), ou seja, cerca de R$ 6 bilhões.

O valor final do fundo eleitoral ainda pode ser alterado, uma vez que a definição dele é parte da construção da Lei Orçamentária Anual (LOA), prevista para ser votada na próxima semana na Comissão Mista de Orçamento (CMO). 

Agora, quem acredita que haverá uma alteração do tamanho da dignidade política exigida pela moralidade pública?

Da bancada federal de Alagoas, votaram a favor do veto, contra o “fundão”, o senador Rodrigo Cunha (PSDB) e os deputados Pedro Vilela (PSDB) e Tereza Nelma (PSDB).

Vai vendo, Alagoas, vai vendo!

Em tempo: o centrão e o PL de Jair Bolsonaro votaram contra o veto, tipo, o veto do presidente foi apenas para inglês ver?!


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]