Dólar com. 5.5165
IBovespa 0.58
18 de janeiro de 2022
min. 24º máx. 29º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Boletim Covid-19: Alagoas registra 416 novos casos e duas mortes
03/01/2022 às 10h00

Blogs

Para Bolsonaro, agora é “sobe ou desce”

Chegou 2022!

E com ele, a corrida eleitoral. 

Temos até agora, pelo menos, oito pré-candidaturas à presidência da República do Brasil: Lula, pelo PT; Jair Bolsonaro, pelo PL; Ciro Gomes, pelo PDT; Sérgio Moro, pelo Podemos; João Dória, pelo PSDB, Simone Tebet, pelo MDB; Rodrigo Pacheco, do PSD, e Felipe d’Ávila, do Novo.

E segundo especialistas políticos, a tendência do ambiente de eleitores brasileiros é pela renovação.

Ou seja, a reeleição do presidente Bolsonaro corre sério risco de não acontecer.

Se realmente se confirmar essa tendência, será a primeira vez, desde que foi instituída a reeleição, que um presidente da República perderá a disputa pela renovação do mandato. Todos os presidentes que disputaram a reeleição no exercício do mandato foram reeleitos: Fernando Henrique, em 1998; Lula, em 2006; e Dilma, em 2014. 

Nesses casos, o eixo das campanhas foi na direção do aprofundamento das políticas públicas. FHC manteve o Plano Real; Lula prometeu turbinar o combate à fome e à miséria; e Dilma seguiu com os programas vinculados ao PAC – Programa de Aceleração do Crescimento.

Sem um eixo para chamar de seu, Bolsonaro tem mais pontos negativos para responder numa campanha à reeleição, do que pontos positivos para consolidar sua gestão num palanque eleitoral.

Ou seja, a eleição presidencial deste ano terá um caráter plebiscitário, de julgamento, e Bolsonaro precisará ser mais que “Mito” para explicar sua submissão ao Centrão, porque nega a ciência que salva vidas numa pandemia como a covid-19 e, sobretudo, responder pela administração disfuncional e de retrocesso em relação aos Direitos Humanos, Meio Ambiente, e Políticas Sociais.

É o preto no branco, sem mais, nem menos.


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]