Dólar com. 5.1453
IBovespa 0.58
16 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Autorizada veiculação da campanha de prevenção à varíola dos macacos
16/07/2022 às 12h40

Blogs

O ódio, em sentido figurado no Brasil bolsonarista

O presidente Jair Bolsonaro estimula a violência política com seu discurso de ódio, e não é de hoje.

Ao tornar público em 2016 que idolatra Carlos Alberto Brilhante Ustra, coronel do Exército condenado em 2008 pela Justiça brasileira como torturador durante a Ditadura Militar (1964-1985), Bolsonaro mostra que a paz não faz parte de seu repertório de vida.

Em 2018, em campanha pela presidência da República, ele foi ao Acre e em comício convocou: “vamos fuzilar a petralhada!”

Já esse ano, em maio passado, sobre a pré-candidatura de Lula a presidente, Bolsonaro declarou: “uma granadinha só mata todo mundo”.

Quando acuado, ele se defende que fala por “sentido figurado”.

Ora, bolas! É muito ódio figurado em palavras de estímulo ao fanatismo que envolve seus seguidores, e a falta de sensatez do presidente da República desencadeia uma grave tensão entre os brasileiros, numa polarização sem sentido algum, muito menos figurado, ainda mais numa população armada.

O STF deu a Bolsonaro prazo de dois dias para que ele se explique sobre essas declarações que emanam ódio e incitam à violência contra seus opositores e contra quem não reza a cartilha dele.

Os bolsonaristas ganham de lapada dos lulistas de outrora na intolerância política!

Que Brasil é esse?!


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]