Dólar com. 5.3319
IBovespa -1.52
01 de dezembro de 2020
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Prefeita eleita de Bauru sofre ataques racistas nas redes sociais
17/11/2020 às 16h59

Cultura

Diteal estreia projeto virtual "Teatro Deodoro: 110 anos" nesta terça (17)

Até o próximo dia 15, pelo canal do Youtube, série apresenta 9 vídeos de artistas e de grupos alagoanos de teatro, de dança e de música para celebrar o aniversário da casa centenária

O reencontro de Leureny Barbosa e Wilma Miranda será transmitido hoje, pelo Youtube - Ascom Diteal

O reencontro de duas divas da música alagoana, Leureny Barbosa e Wilma Miranda, é registrado no palco do Teatro Deodoro, abrindo a celebração virtual dos 110 anos da casa, patrimônio cultural de Alagoas.

“Voltar ao Teatro Deodoro é sempre uma alegria, uma emoção, porque foi o primeiro palco de verdade que eu pisei. É um marco na minha vida. Desde então, sempre faço show nesse palco e eu prefiro cantar aqui do que em qualquer outro lugar do mundo. É gratificante poder acompanhar e participar dessa festa (de 110 anos). Todo alagoano deveria reverenciar esse teatro”, diz Leureny.

A estreia ocorre nesta terça-feira (17), no canal do Youtube, disponível pelo neste link . Serão apresentados nove vídeos de artistas e de grupos alagoanos de teatro, de dança e de música, sempre às terças e quintas-feiras, até o próximo dia 15, como forma de comemoração ao aniversário da casa. 

“Quando eu piso nesse chão (do palco), o meu coração fica numa energia, uma coisa completamente diferente. Eu tenho um amor imenso por isto aqui (Deodoro). É como estar em Hollywood, o máximo”, revela Wilma Miranda. 

Neste vídeo, Wilma Miranda e Leureny Barbosa cantam Cão Sem Dono, composição de Paulo Cesar Pinheiro e Sueli Costa, acompanhadas do Willbert Fialho no violão. A produção é de Weldja Miranda (Horizonte Produções). 

“Estar aqui no Teatro Deodoro e, principalmente, na comemoração dos 110 anos, é uma honra. Eu começo a me avaliar como produtora cultural quando eu consegui botar os pés aqui no palco. É diferente você olhar essa cortina com a sua visão de produção, assim como é diferente o olhar do artista. O Teatro Deodoro tem um charme muito especial, mas não é só por sua beleza. Para o alagoano e para o artista, é a realização”, observa Weldja Miranda.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]