Dólar com. 5.2211
IBovespa 0.58
28 de junho de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Beneficiários com NIS final 8 recebem hoje Auxílio Brasil
25/02/2022 às 19h30

Cultura

Projeto da Ufal promove oficinas de montagem em tango e danças da América Latina

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Artes da América Latina, vinculado ao Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (ICHCA) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), promove a partir do dia 8 de março duas oficinas de montagem em Danças em perspectiva decolonial, uma de Tango contemporâneo e outra de danças da América Latina. As oficinas são produto de uma parceria entre as Licenciaturas de Filosofia (Grupo de Pesquisa FiloMove) e a Licenciatura em Danças.

As aulas acontecem na Sala de Danças do Complexo Cultural Teatro Deodoro sempre às terças-feiras; às 18h30 para Danças da América Latinas e às 19h30 para Tango Contemporâneo. Para participar da seleção, é preciso realizar inscrição no link até o próximo dia 28. O resultado da seleção será divulgado via e-mail.

A professora Natacha M. López Gallucci, coordenadora do projeto, conta que as oficinas buscam dinamizar aspectos chaves das nossas culturas afro-ameríndias através de metodologias que enlaçam a didática da dança à transmissão das filosofias dos corpos na América Latina. Os ritmos abordados serão: candombe rioplatense, carnavalito, chacarera, maracatú, zamba, chamamé, tango, jongo, milonga, malambo, valsa, samba, salsa cubana, festejo peruano, cueca chilena, entre outros.

Cada participante será introduzido na história sociocultural das células coreográficas abordadas na expectativa de que o coletivo elabore cenas performáticas a partir das propostas coreográficas, questionando valores associados a gênero, classe e identificação étnico-raciais, segundo o método de criação desenvolvido pela docente. "Os participantes serão munidos de materiais sonoros, audiovisuais e referências bibliográficas para as discussões que propomos com um debate filosófico mensal sobre a práxis corporal. As sessões de debate serão registradas em vídeo para compor um registro processual da montagem", explica. Todos os participantes terão auxílio da docente e equipe para a realização das Oficinas.

A professora explica ainda que a experiência do corpo latino-americano reativado na performance evoca uma série de sentidos adquiridos no transcurso real e efetivo da partilha da dança e da reflexão sobre a dança forjada nesse fazer experimental que propõe a Oficina. "As aulas propiciam uma experiência diferenciada do corpo - em chave popular – dinamizando no sentido espacial motoro, acústico, visual, lúdico e filosóficos nos níveis da 'cinesfera' e da 'improvisação'".

Projeto

O curso faz parte do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Artes da América Latina, que busca aproximar universidade e sociedade para além dos clichês impostos sobre nossos corpos latinos. A ideia é fazer filosofia na contemporaneidade enfatizando o local do corpo como locus de interrogação epistemológica.

O projeto está atrelado às pesquisas sobre filosofias do corpo na América latina desenvolvidas pelo grupo FiloMove: filosofias, artes e estéticas da América Latina do ICHCA.


Fonte: Ascom Ufal

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]