Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
23 de outubro de 2019
min. 22º máx. 32º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado
10/10/2019 às 18h00

Geral

Alunos da rede pública de Alagoas melhoram desempenho em Português e Matemática

Resultado do exame realizado com estudantes dos 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio apresentou avanços

A melhoria na qualidade da educação, com o crescimento do aprendizado e desempenho dos estudantes, é o principal foco de trabalho da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Uma das iniciativas para o desenvolvimento da aprendizagem é a Prova Alagoas, ação do Programa Escola 10 onde estudantes da rede pública são avaliados em Língua Portuguesa e Matemática. Os resultados das últimas edições mostram que Alagoas apresentou evolução no desempenho dos alunos das redes públicas estadual e municipais nas duas disciplinas.

A primeira aplicação da prova foi realizada em abril de 2017 e reuniu mais de 80 mil alunos. À época, o resultado apresentou uma evolução de 20% do desempenho dos estudantes e serviu como diagnóstico do ensino. Os seus descritores foram utilizados para a aplicação de políticas para a correção das dificuldades apresentadas. Este ano, a prova foi aplicada em junho para mais de 108 mil estudantes de 1693 escolas da rede pública. Antes aplicado para alunos dos 5° e 9° anos, este ano, o exame, pela primeira vez, abrangeu estudantes da 3ª série do ensino médio.

Na rede estadual, em comparação com a primeira aplicação da prova de 2017, o crescimento no desempenho dos estudantes dos 5º anos do ensino fundamental foi de 32,5 pontos em Língua Portuguesa - 17,8% a mais que na primeira aplicação da prova. Em Matemática, a evolução foi de 33,2 pontos, um aumento de 18,25%. Nos 9º anos do ensino fundamental, a evolução também foi registrada: 35 pontos em Língua Portuguesa e 46,6 em Matemática, um aumento de 15,15% e 15,93% respectivamente, no desempenho dos estudantes.

As redes municipais também registraram evolução em comparação com a primeira aplicação do exame, em 2017. Nos 5º anos, o crescimento foi de 28,6 pontos em Língua Portuguesa e 35,2 pontos em Matemática, com uma evolução de 15,84% e 16,65%, respectivamente. Já nos 9º anos, o crescimento do desempenho foi de 31,3 pontos em Língua Portuguesa e 38,3 pontos em Matemática. Neste caso, o avanço foi de 15,33% e 16,95%, respectivamente.

Apoio

Dentre as principais estratégias para a melhora na qualidade de ensino e desempenho dos estudantes estão o acompanhamento pedagógico de todas as escolas públicas municipais e estaduais, formações para articuladores, secretários municipais de educação e para os gestores das escolas da rede estadual.

Nove mil livros do programa também foram distribuídos para os professores da rede pública de ensino. Os livros são utilizados em oficinas e têm como foco complementar o que foi aprendido em sala de aula. Essa união contribui para que o ensino público de Alagoas possa avançar.

Só este ano, mais de 346 mil cadernos de atividades do programa Escola 10 foram entregues para turmas dos 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio, com o intuito de melhorar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática de estudantes das redes públicas estadual e municipais.

O material contém questões que ajudam no desenvolvimento do aprendizado, possibilitam uma melhor associação do conteúdo e auxiliam na preparação para a prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que será aplicada entre 21 de outubro e 01 de novembro, avaliando o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos estados, escolas e municípios.

O secretário de Estado da Educação e vice-governador do Estado, Luciano Barbosa, destaca o trabalho que a Seduc vem fazendo com os municípios e a importância do programa Escola 10. “Nós intensificamos o trabalho do Escola 10 e buscamos dar suporte pedagógico aos municípios. Eles detêm 95% das matrículas dos anos inicias e 75% das matrículas dos anos finais do ensino fundamental. Traçamos metas para melhorar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática, alfabetizar a criança na idade certa, reduzir evasão e, com isso, a reprovação escolar. Todo esse trabalho está trazendo bons resultados. Alagoas está entre os estados que tiveram maior percentual de municípios que atingiram as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, em 2017. Saímos das últimas posições do ranking nos anos iniciais, anos finais e ensino médio. No caso do ensino médio, fomos para 16º colocação, um avanço e tanto. O nosso objetivo agora é estar entre os 10 estados com melhor Ideb”, afirma o secretário.

Escola 10

O Escola 10 foi lançado em 2017 como uma proposta de articulação com os municípios para a melhoria da qualidade da educação em Alagoas. Dentre as principais estratégias estão o acompanhamento pedagógico de todas as escolas públicas municipais e estaduais, com a realização da Prova Alagoas com diagnóstico, fornecimento de material didático complementar, além de a designação de três mil articuladores de ensino para atuar em todas as escolas, e ainda formações para articuladores, secretários municipais de educação e para os gestores das escolas da rede estadual.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]