Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
19 de novembro de 2019
min. 24º máx. 33º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Braskem e autoridades iniciam coordenação para realocação de pessoas
08/11/2019 às 05h00

Geral

Comissão de Bem Estar Animal constata crime de maus tratos em canil

Divulgação

Animais de raça explorados para reprodução. Muita sujeira e espaços pequenos. Ambiente insalubre que causa doenças. Crime de maus tratos constatado. Este foi o cenário encontrado pela Comissão de Bem Estar Animal da OAB Alagoas nesta quinta-feira (07), ao vistoriar um canil, que estava funcionando dentro de um condomínio residencial, no bairro do Tabuleiro do Martins. O delegado Leonam Pinheiro e uma equipe da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) também participaram da ação que tinha como objetivo averiguar uma denúncia.

Grades separavam a maioria dos animais, que estavam sendo mantidos em espaços pequenos. Alguns foram encontrados em gaiolas.

“Os animais estavam doentes. Na maioria dos casos a constatação visual foi de dermatites, doenças de pele. O ambiente é completamente insalubre, cheio de fezes e urina. O chão estava muito molhado e isso não era indicativo de lavagem, já que havia fezes e urina por toda parte. Tudo ali é combinação perfeita para enfermidades”, detalhou a presidente da Comissão de Bem Estar Animal, Rosana Jambo.

A proprietária do estabelecimento impediu a entrada da equipe da UVZ, que não pode constatar se os animais estavam acometidos de outras enfermidades além das dermatites. “Porque impedir a entrada de um ente que está ali para fiscalizar o bem estar dos animais? Se você funciona regularmente não tem essa necessidade. Se você faz isso é porque deve”, completou Rosana Jambo ao ressaltar que a Comissão de Bem Estar vai seguir acompanhando o caso que, diante da constatação da veracidade da denúncia, segue agora na esfera criminal, sob responsabilidade do delegado Leonam Pinheiro.

Ainda segundo Rosana Jambo, será preciso, dentro da investigação, averiguar as licenças de funcionamento do estabelecimento, já que um canil não deveria funcionar dentro de um condomínio residencial.

Não dar água, comida, manter preso em correntes, no sol, na chuva, abandonar, causar sofrimento psicológico e físico, tudo isso configura crime de maus tratos com pena que varia de 3 meses a 1 ano de cadeia e multa.


Fonte: Ascom OAB/AL

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]