Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
15 de dezembro de 2019
min. 24º máx. 29º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Comércio adota horário especial no final de ano
15/11/2019 às 10h18

Geral

Braskem vai encerrar atividades de extração de sal em Maceió e quer realocar 1500 pessoas

Empresa divulgou na quinta-feira (14) nota informando que apresentou a ANM medidas para fechar seus poços na capital

Nesta quinta-feira (14) a petroquímica Braskem apresentou à Agência Nacional de Mineração (ANM) medidas para o encerramento em definitivo de atividades de extração de sal em Maceió. A empresa pretende fechar os seus poços na capital de Alagoas.

Além disso, propôs à ANM a criação de uma área de resguardo no entorno de 15 poços, “com a realocação de pessoas e desocupação de imóveis, além do monitoramento contínuo das áreas vizinhas”.

Segundo a nota divulgada pela Braskem, a estimativa é que a área de resguardo envolva aproximadamente 400 imóveis e 1.500 pessoas. Nos demais poços, a recomendação da empresa ligada a Odebrecht é de que sejam adotadas medidas complementares de monitoramento, sem necessidade de realocação de moradores.

Ainda na nota, é dito que “a Braskem compreende o impacto na vida das pessoas e se coloca à disposição para esclarecer dúvidas e apoiar a população”.

Um 0800 foi criado e colocado em funcionamento a partir desta sexta-feira (15), para um maior contato com a população afetada pelos abalos sísmicos que causaram danos em alguns bairros de Maceió, como o Pinheiro, o Bebedouro e o Mutange.

Confira o comunicado da Braskem na íntegra:

A Braskem apresentou à Agência Nacional de Mineração (ANM) e demais autoridades medidas para o encerramento definitivo da extração de sal e fechamento de seus poços em Maceió. Esta ação faz parte das iniciativas que vem sendo propostas nos contínuos diálogos da empresa junto ao órgão regulador.

Entre as ações está a criação de uma área de resguardo em torno de 15 poços com a realocação de pessoas e desocupação de imóveis, além do monitoramento contínuo das áreas vizinhas. A estimativa é que esta área de resguardo envolva aproximadamente 400 imóveis e 1.500 pessoas. Nos demais poços, a recomendação é de que sejam adotadas medidas complementares de monitoramento, sem necessidade de realocação de moradores.

A Braskem irá disponibilizar os recursos necessários e todo o planejamento para a execução destas ações será feito em conjunto com a Defesa Civil e demais autoridades. Todas as medidas e ações são baseadas nos estudos que o Instituto de Geomecânica de Leipzig (IFG), da Alemanha, referência internacional em geomecânica de poços de sal, vem fazendo a partir dos dados dos sonares executados nos poços de extração de sal da Braskem.

A Braskem compreende o impacto na vida das pessoas e se coloca à disposição para esclarecer dúvidas e apoiar a população.

Para isso, haverá uma equipe dedicada para contato com a comunidade por meio de postos de atendimento presencial nos bairros e do telefone 0800-006-3029 (ligações gratuitas, inclusive de celulares). O 0800 começará a atender a partir de amanhã, 15 de novembro. O site http://www.braskem.com/esclarecimento-alagoas reúne todas as informações relevantes sobre o tema.

Fenômeno geológico

Desde o abalo sísmico registrado em Maceió em março de 2018, a Braskem vem colaborando com as autoridades e realizando estudos para compreender as causas do fenômeno. Até o momento, não está estabelecida qual a relação entre o fenômeno geológico em Maceió e a operação dos poços de extração de sal da Braskem.

Central de atendimento à população

0800-006-3029

Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, exceto feriados.

Nos dias 15 e 16 de novembro, sexta-feira (feriado) e sábado, a Central de Atendimento funcionará em caráter de exceção.


Fonte: Redação com assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]