Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
17 de fevereiro de 2020
min. 25º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Receita paga hoje restituição do lote residual do IRPF de 2008 a 2019
24/01/2020 às 11h30

Geral

EUA incluem entidades e indivíduos à lista de sanções por apoiar Irã

Companhias têm sede na China, em Hong Kong e Dubai

O governo americano disse que acrescentou companhias com sede na China, em Hong Kong e Dubai, além de dois indivíduos, à sua lista de sanções por apoiar o Irã.

O Departamento do Tesouro anunciou, nessa quinta-feira (23), que adotou a medida contra quatro empresas de petróleo e petroquímicas. Duas delas têm sede em Hong Kong e as outras, em Xangai e Dubai.

Segundo o departamento, as firmas ajudaram a Companhia Nacional de Petróleo do Irã a exportar o produto e derivados aos Emirados Árabes Unidos e à China. O valor de exportação equivale, ao todo, a milhões de dólares.

O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, afirmou, em comunicado, que os setores petroquímico e de petróleo constituem fontes primárias de fundos para as atividades terroristas do governo iraniano em todo o mundo.

Uma medida similar foi adotada pelo Departamento de Estado americano, que anunciou na quinta-feira, a inclusão de novas entidades à sua lista de sanções. Uma empresa na China continental e duas firmas baseadas em Hong Kong, além de dois indivíduos, foram acrescentados à lista. Uma das companhias com sede em Hong Kong também está na relação do Departamento do Tesouro.

O secretário de Estado, Mike Pompeo, disse, no Twitter,  que "a pressão máxima sobre o regime iraniano irá continuar até que seu comportamento mude". Ele alertou que entidades ou indivíduos que apoiam atividades iranianas serão alvo de sanções.


Fonte: Agência Brasil com informações da NHK, emissora pública de televisão do Japão

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]