Dólar com. 5.2607
IBovespa 0.03
18 de maio de 2021
min. 23º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Com novas doses, Alagoas inicia imunização por idade simples a partir de 59 e 58 anos
15/04/2021 às 15h17

Geral

Vídeo com discussão entre jornalista e ex-prefeita é anterior à pandemia

Conteúdo compartilhado diz falsamente que o jornalista Roberto Cabrini estaria em Macapá para investigar fraudes em compras de “kits de Covid-19”.

Agência Alagoas

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra uma discussão entre o jornalista Roberto Cabrini e uma mulher. O texto que tem sido compartilhado junto à filmagem afirma que a mulher seria a prefeita de Macapá e a reportagem trataria do superfaturamento em compras relacionadas à Covid-19. O vídeo é de uma reportagem realizada antes da pandemia, portanto o conteúdo compartilhado é falso. 

Na verdade a reportagem foi realizada em 2015 e abordou uma investigação sobre fraudes em compras de merenda escolar na cidade de São Cristóvão, em Sergipe. 

“Roberto Cabrini desembarca em Macapá pra fazer uma reportagem sobre o superfaturamento de 5000% em cima dos kits de Covid-19, olha a reação da prefeita do DEM”, afirma o texto que acompanha o vídeo. “Renanzinho sua vez vai chegar”, diz ainda uma outra mensagem.

Na verdade, as imagens mostram uma discussão ocorrida entre o jornalista Roberto Cabrini e Rivanda Batalha, ex-prefeita do município de São Cristóvão, em Sergipe, em junho de 2015, e aconteceu no estúdio de uma rádio local . A situação aconteceu após uma reportagem, exibida no SBT,  denunciar fraudes no processo de licitação para a compra de merenda escolar.

Outra informação falsa é a de que o Macapá teria uma prefeita filiada ao DEM. Desde 1º de janeiro o executivo municipal é comandado por Antônio Furlan (PTB), sucessor de Clécio Luís, que em 2020 estava filiado à REDE. 

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890. Clique aqui  para enviar agora.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]