Dólar com. 5.1453
IBovespa 0.58
16 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Autorizada veiculação da campanha de prevenção à varíola dos macacos
03/07/2022 às 10h50

Geral

Fortes chuvas afetam abastecimento de água em municípios da Região Metropolitana de Maceió

Mananciais seguem em monitoramento devido ao alto nível dos rios e à alteração da qualidade da água bruta captada para tratamento

Devido às fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana de Maceió nos últimos dias, o abastecimento de água em alguns municípios foi comprometido. Além do alto nível dos rios, a alteração da cor e tubidez da água bruta captada nos mananciais e a falta de energia são os principais fatores que ocasionaram paralisações emergenciais em unidades produtoras, principalmente em Atalaia, Marechal Deodoro, Murici, Pilar, Rio Largo e Satuba.

Diante da situação emergencial, a BRK intensificou as equipes de plantão, que trabalham 24 horas por dia nas diversas ocorrências, e segue com o monitoramento constante dos mananciais em estado de atenção. Em algumas regiões de municípios atingidos por alagamentos e enchentes, as equipes enfrentam dificuldades para o acesso às unidades.

Para saber informações sobre a situação de abastecimento nos municípios, a população pode entrar em contato pelo 0800 771 0001, que funciona 24 horas por dia todos os dias da semana.

Confira abaixo as informações sobre cada município:

Atalaia

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Jenipapeiro e as Captações de Água Bruta Santo Antônio 1 e 2, São Sebastião e Sapucaia foram paralisadas devido ao transbordamento do Rio Paraíba do Meio. Além disso, estruturas ficaram submersas e diversos poços pararam de funcionar por falta de energia.

Marechal Deodoro

As condições climáticas também impactaram na operação do sistema produtor de Marechal Deodoro. O Reservatório do Broma e a Captação Bica da Pedra seguem paralisados, enquanto a Captação Volta D'Água opera com vazão reduzida devido à alteração da água bruta.

Murici

A ETA Cansanção, responsável pelo tratamento da água distribuída em parte de Murici foi paralisada temporariamente devido ao aumento da concentração de partículas sólidas, sedimentos e outros materiais na água do rio. A unidade faz parte do sistema produtor operado pela Casal.

Pilar

De acordo com informações repassadas pela Casal, responsável pelo sistema produtor de Pilar, as fortes chuvas ocasionaram o rompimento de uma adutora da Captação de Água Bruta, que foi paralisada para manutenção. 

Rio Largo

A Captação Mata do Rolo foi paralisada temporariamente devido à alteração da água bruta. O sistema voltou a operar nesse sábado (2) e está em recuperação. Já a ETA do Jarbas Oiticica opera com vazão reduzida para assegurar a qualidade da água distribuída na região. Ambas as unidades são operadas pela Casal.

Satuba

A ETA Satuba também foi paralisada por falta de energia elétrica.


Fonte: Assessoria BRK Ambiental

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]