Dólar com. 5.1287
IBovespa 0.58
16 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Autorizada veiculação da campanha de prevenção à varíola dos macacos
25/07/2022 às 08h15

Geral

Pedais suspensos sobre o lago

Uma ciclovia de 2,5 km encrostada nas rochas e acima da água oferece vistas espetaculares do maior lago de Itália...

Dora Nunes

Por Dora Nunes, de Riva del Garda, na Itália

O  projeto italiano denominado Garda by Bike é ambicioso do ponto de vista de sua extensão: 140 km de ciclovias estendendo-se ao longo de toda a margem do belíssimo Lago di Garda, conectando até 19 municípios localizados ao redor do lago e atra­vessando as Provincias de Lom­bardia, Vêneto e Trentino, no Norte da Itália. Em 2026, quando devem ser concluídas as obras de construção dos novos trechos e de renovação dos já existentes, será uma das ciclovias mais longas do mundo. 

O visualização do projeto completo impressiona pela sua es­petacularidade e beleza. Entretanto, hoje vou me ater à experiência que entrou na lista de desejos de todo ciclista que aparece por aqui. Trata-se da “Limone sul Lago di Garda”,  pequeno trecho da Garda by Bike inaugurado em 2018 que é considerado um verdadeiro sonho, não só para os ciclistas profissionais, mas para todos que gostam de apreciar paisagens guiando uma bike. São 2,5 km de pura adrenalina e deslumbramento.

Se a estrada entre a montanha vislumbrando as águas do Lago de Garda tira o fôlego, o complexo cons­truído é também um exemplo impressionante de engenharia. Uma rua de 2,5 metros de largura com piso de painéis de concreto revestido, suspensa sobre o lago com estruturas em aço nas paredes da montanha. 

A via é adequada para pedestres e ciclistas e pode ser usada a qualquer hora do dia ou da noite, pois possui iluminação ativa 24 horas. Devido à sua curta extensão, aos fins de semana e nas férias é mais recomendado ir a pé pois o alto fluxo de turistas não permite manter uma pedalada rápida. 

Nós fizemos tudo errado e deu tudo certo! Estivemos lá no primeiro domingo de julho (primeiro mês das férias do final do ano letivo na Eu­ropa) e fizemos o caminho montados nas nossas bikes e foi razoavelmente tranquilo. E para completar, tivemos a sorte de conseguir uma vaga, en­tre as 10 disponíveis no es­ta­cio­na­mento da ciclovia, que tam­bém pode ser acessada a partir do centro da cidadezinha de Limone, mas nessa caso, são mais 2,5 km de pe­da­lada, para ir e o mesmo para voltar. 

Para quem pretende viver essa experiência, deve contudo levar em consideração além de julho, agosto é o mês de férias de verão na Europa e tudo fica absolutamente lotado, certamente fazer a estradinha em bike será praticamente impossível. Outro ponto para ficar ligado, particularmente em 2022, é que está ocorrendo uma onda de calor africano por aqui, então o uso de protetor solar e de roupas confortáveis e frescas que eram recomendação, nesse contexto, passam a ser uma questão de bom senso. 

À parte “Limone sul Garda”, todo o projeto Garda  By Bike é de não se perder. Atualmente, outros trechos já estão abertos e transitáveis, como os que se cruzam com a famosa Ciclovia del Sole – 3 mil km de ciclovia que atravessam a Itália de norte a sul, desde a passagem do Brenner até Siracusa - e com as rotas 7 e 8 do EuroVelo - a rede de ciclovias europeia. 

Também já estão disponíveis as partes que ligam Riva del Garda e Torbole, que depois une a vertente Torre dei Laghi até Salò (essas são algumas das 19 cidades que circulam o Lago di Garda, das quais falei ao inicio), e ainda, o da ciclovia de Gragnano a Tremosine, existente desde o início do século XX e definida por Churchill como a oitava maravilha do mundo.

O  trajeto inclui belezas culturais, arquitetônicas e paisagísticas, além de ser uma oportunidade para desfrutar da boa gastronomia da região. Como se não bastasse, o projeto faz parte das dez ciclovias turísticas de interesse estratégico nacional e já é definida por muitos como a mais espetacular do mundo. 

Por isso, essa experiência realiza o sonho de qualquer ciclista, profissional ou amador, italiano ou não, de girar um dos lagos mais lindos e extensivos do mundo em uma ciclovia ininterrupta.


Fonte: Painel Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]