Dólar com. 5.1107
IBovespa 8
20 de maio de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Arte, cultura e empreendedorismo se encontram em feira LGBT+ na Ponta Verde
12/02/2024 às 08h00

Geral

Vacina Antirrábica Humana é oferecida ao público em quatro unidades de saúde de Maceió

Imunizante previne transmissão da raiva e é direcionado a pessoas vítimas de mordidas ou profissionais que atuem sob o risco da doença

Fonte: Reprodução

Além de assegurar o cuidado preventivo para cães e gatos em todo o Município com a vacinação contra o vírus da raiva animal, realizada anualmente, a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) também disponibiliza, durante todo o ano, a imunização contra a transmissão do vírus da doença para os humanos.

O público-alvo dessa medida preventiva são as pessoas que sofrem acidentes com animais – mordeduras ou arranhões com risco de infecção – e profissionais com risco de exposição permanente ao vírus da raiva, durante suas atividades ocupacionais, como médicos-veterinários, zootecnistas, biólogos, estudantes que atuem em captura ou manejo de animais, funcionários de zoológicos/parques ambientais e de laboratórios de virologia e anatomopatologia para a raiva, entre outros.

Anteriormente ministrada apenas em unidades de referência do estado, a vacina que previne contra a transmissão do vírus da raiva em humanos já está disponível, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nas seguintes unidades:

  • UDA PAULO OLIVEIRA COSTA - Cesmac (Rua Radialista Odete Pacheco, s/n - Farol);

  • USF NOVO MUNDO (Travessa Boa Esperança, nº 30 – Novo Mundo);

  • UDA PROFESSOR GILBERTO DE MACEDO - UFAL (Av. Lourival Melo Mota, s/n – Campus A. C. Simões – Tabuleiro);

UDA JOSÉ LAGES FILHO - Unima (Área interna da antiga Unit – Cruz das Almas).

“É importante ressaltar que, em caso de acidente com animais, o primeiro atendimento ao usuário continuará sendo realizado pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Galba Novaes (Tabuleiro) e Ismar Gatto (Jacintinho), além do Ambulatório 24 horas Noélia Lessa (Levada), devido ao caráter de urgência do atendimento”, explica a coordenadora técnica de Imunização de Maceió, Eunice Amorim.

  • Já em relação aos profissionais com exposição permanente ao vírus da raiva, que necessitem fazer a imunização contra a doença – medida preventiva definida como profilaxia pré-exposição – Eunice reforça que, ao procurarem uma das unidades de saúde listadas acima, será necessário aos profissionais apresentarem cópia de documento que comprove a atividade ocupacional, a exemplo de declaração do serviço em que atuam ou contracheque dos últimos três meses com cargo especificado.
  • Já os estudantes, deverão apresentar Termo de Compromisso de Estágio ou declaração da instituição de ensino. Em ambos os casos, os documentos ficarão retidos no local da imunização.


Fonte: Ascom SMS

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]