Dólar com. 4.9938
IBovespa 0.58
24 de fevereiro de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Vigilância Sanitária apreende 500 kg de produtos vencidos na Levada
12/02/2024 às 08h00

Geral

Vacina Antirrábica Humana é oferecida ao público em quatro unidades de saúde de Maceió

Imunizante previne transmissão da raiva e é direcionado a pessoas vítimas de mordidas ou profissionais que atuem sob o risco da doença

Fonte: Reprodução

Além de assegurar o cuidado preventivo para cães e gatos em todo o Município com a vacinação contra o vírus da raiva animal, realizada anualmente, a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) também disponibiliza, durante todo o ano, a imunização contra a transmissão do vírus da doença para os humanos.

O público-alvo dessa medida preventiva são as pessoas que sofrem acidentes com animais – mordeduras ou arranhões com risco de infecção – e profissionais com risco de exposição permanente ao vírus da raiva, durante suas atividades ocupacionais, como médicos-veterinários, zootecnistas, biólogos, estudantes que atuem em captura ou manejo de animais, funcionários de zoológicos/parques ambientais e de laboratórios de virologia e anatomopatologia para a raiva, entre outros.

Anteriormente ministrada apenas em unidades de referência do estado, a vacina que previne contra a transmissão do vírus da raiva em humanos já está disponível, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nas seguintes unidades:

  • UDA PAULO OLIVEIRA COSTA - Cesmac (Rua Radialista Odete Pacheco, s/n - Farol);

  • USF NOVO MUNDO (Travessa Boa Esperança, nº 30 – Novo Mundo);

  • UDA PROFESSOR GILBERTO DE MACEDO - UFAL (Av. Lourival Melo Mota, s/n – Campus A. C. Simões – Tabuleiro);

UDA JOSÉ LAGES FILHO - Unima (Área interna da antiga Unit – Cruz das Almas).

“É importante ressaltar que, em caso de acidente com animais, o primeiro atendimento ao usuário continuará sendo realizado pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Galba Novaes (Tabuleiro) e Ismar Gatto (Jacintinho), além do Ambulatório 24 horas Noélia Lessa (Levada), devido ao caráter de urgência do atendimento”, explica a coordenadora técnica de Imunização de Maceió, Eunice Amorim.

  • Já em relação aos profissionais com exposição permanente ao vírus da raiva, que necessitem fazer a imunização contra a doença – medida preventiva definida como profilaxia pré-exposição – Eunice reforça que, ao procurarem uma das unidades de saúde listadas acima, será necessário aos profissionais apresentarem cópia de documento que comprove a atividade ocupacional, a exemplo de declaração do serviço em que atuam ou contracheque dos últimos três meses com cargo especificado.
  • Já os estudantes, deverão apresentar Termo de Compromisso de Estágio ou declaração da instituição de ensino. Em ambos os casos, os documentos ficarão retidos no local da imunização.


Fonte: Ascom SMS

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]