Dólar com. 5.2933
IBovespa 1.59
23 de setembro de 2021
min. 24º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março
12/09/2021 às 10h41

Política

Eleitores de Campo Grande vão às urnas neste domingo (12)

Serão quatro locais de votação e 27 seções eleitorais que funcionarão dentro de todas as regras sanitárias impostas no combate à Covid-19, sendo obrigatório o uso de máscaras e proibidas aglomerações dentro e nas proximidades dos locais de votação

Os 8.446 eleitores do município de Campo Grande, agreste alagoano, irão às urnas neste domingo, 12 de setembro, para a eleição suplementar, organizada pela 20ª Zona Eleitoral. Serão quatro locais de votação e 27 seções eleitorais que funcionarão dentro de todas as regras sanitárias impostas no combate à Covid-19, sendo obrigatório o uso de máscaras e proibidas aglomerações dentro e nas proximidades dos locais de votação.

Como não haverá a identificação biométrica também por conta da pandemia, os eleitores devem comparecer para votar portando documento oficial com foto (identidade, carteira de trabalho ou passaporte) e uma caneta para a assinatura no caderno de votação. A votação acontecerá das 7h às 17h e os idosos, gestantes e pessoas com dificuldade de locomoção terão prioridade nas filas.

Desde julho, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), desembargador Otávio Leão Praxedes, realizou uma série de reuniões para garantir que o pleito suplementar de Campo Grande tenha toda a segurança, transparência e lisura possíveis. Todas as forças policiais do Estado garantiram reforço no policiamento, realizando operações objetivando coibir a compra de votos e na vigilância constante do município. Estima-se que mais de 400 policiais atuarão no plano integrado de segurança.

Pela primeira vez em Alagoas, uma eleição suplementar em território alagoano contará com a realização de auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas e de verificação de autenticidade e integridade dos sistemas nelas instalados. Também de forma inédita, o TRE de Alagoas firmou parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), criando uma comissão composta por advogados para acompanhar todos os atos da eleição suplementar e, ao fim do pleito, publicar um relatório completo.

Para coibir a disseminação de desinformação e notícias falsas na região, o Núcleo Permanente de Combate à Desinformação do TRE disponibilizou um número para recepcionar denúncias. O número (82) 99844-0408 estará disponível tanto para o recebimento de mensagens tanto através do Whatsapp quanto para ligações, das 8h às 22h, até a data da eleição.


Fonte: Redação com Ascom TRE/AL

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]