Dólar com. 5.2426
IBovespa 0.58
18 de abril de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Comissão do Senado aprova aumento de salários de juízes e promotores
28/02/2024 às 12h08

Política

Proposta por Ronaldo Medeiros, ALE realiza sessão pública em homenagem aos 40 do MST

Ascom/ALE

A Assembleia Legislativa Estadual (ALE) realiza na próxima sexta-feira (1º), sessão pública em homenagem aos 40 anos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Proposta pelo deputado estadual Ronaldo Medeiros (PT), o momento visa reconhecer o papel do mais importante movimento social do país na formulação e execução da reforma agrária no Brasil e em Alagoas.

“O MST tem sido, ao longo dos seus 40 anos, peça fundamental para garantir o acesso à terra para quem, de fato, nela trabalha, e ao alimento saudável à toda a sociedade, além de fundamental instrumento de organização dos trabalhadores rurais em defesa de nossa soberania e fortalecimento da democracia brasileira”, afirma o parlamentar.

Ronaldo Medeiros ressalta que, mesmo diante de constantes ataques, o MST jamais abandonou suas motivações por mais democracia no Brasil e por mais dignidade às famílias do campo, que vivem de seu sustento produzindo alimentos.

“Não foram poucas as vezes que tentaram destruir o MST, uma vez que este é a organização dos movimentos sociais que mais simboliza a luta contra a concentração de riqueza no país. O Brasil se formou em torno do latifúndio, que é a base histórica de nossas desigualdades sociais e econômicas”, pontua. “Mesmo assim, o MST nunca faltou ao povo brasileiro. Tiremos o exemplo que deram no auge da pandemia de covid-19 que, mesmo sob um governo que incentivava ataques aos movimentos sociais, especialmente os de luta por reforma agrária, o MST foi solidário com os mais pobres e doou toneladas de alimentos de seus assentamentos em todo o Brasil. Por isso, reconhecer e enaltecer a luta do MST se faz necessário”, completa o deputado estadual.

Ronaldo Medeiros tem atuado como defensor da reforma agrária e do MST na Assembleia Legislativa, inclusive agindo como interlocutor de programas que ajudem a garantir o sustento de famílias assentadas, como a aquisição de alimentos pelo Governo do Estado, assim como para a doação de áreas públicas estaduais ociosas para o programa de reforma agrária.

“E graças à sensibilidade do governador Paulo Dantas, e também de meus colegas de parlamento, muitas dessas demandas têm avançado. Aos poucos estamos também derrubando muitas percepções equivocadas sobre o MST e a reforma agrária na Assembleia Legislativa”, comenta o deputado estadual.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]