Dólar com. 5.1318
IBovespa 0.58
24 de abril de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Nova vacina contra a covid-19 chega à população em 15 dias
01/04/2024 às 16h00

Política

Moradia Legal: 380 famílias de Rio Largo receberam títulos de seus imóveis

Entrega dos documentos gratuitos ocorreu no Conjunto Residencial Antônio de Souza, nesta segunda (1º)

Foto: Adeildo Lobo.

Mais 380 famílias alagoanas, desta vez do município de Rio Largo, foram beneficiadas pelo Moradia Legal do Poder Judiciário. A entrega dos títulos do programa de regularização fundiária foi realizada nesta segunda (1º), no Conjunto Residencial Antônio de Souza.

Rúbia da Silva Alves é uma das moradoras que receberam o título de propriedade de seu imóvel, localizado na Mata do Rolo, em Rio Largo. 

“Ter uma casa regularizada e saber que a casa realmente é nossa, é uma benção. Eu nem esperava ter esse documento, mas chegou a minha vez”.

Maria José da Silva também celebrou a regularização da casa em que mora com seu esposo, há mais de 30 anos.

“Nunca tive oportunidade de registrar, até por questões financeiras, porque é muito caro. Mas agora eu posso dizer que a casa é nossa, que podemos vender e desfrutar dessa maravilha”.

Direito garantido

O desembargador Ivan Brito representou o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Fernando Tourinho, na solenidade de entrega.

“É um programa que resgata mais um elemento da cidadania, e isso tem um efeito social muito importante. Muitas pessoas aqui nem imaginavam que isso um dia iria acontecer, mas a partir de agora poderão dispor de suas propriedades com todos os seus direitos”.

Para o prefeito Gilberto Gonçalves, através do Moradia Legal o poder público cumpre um importante papel social junto à comunidade. 

“Através desta parceria brilhante com o Tribunal de Justiça, estamos levando dignidade para essas pessoas que sonhavam em ter a sua casa própria, e que agora terão um patrimônio que ficará para sua família”.

Participaram também da solenidade o desembargador Celyrio Adamastor; juiz Raul Cabús, integrante da comissão de regularização fundiária do TJAL; Rainey Marinho, presidente da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg/AL); promotora Lídia Malta; deputada estadual Gaby Gonçalves, entre outras autoridades.

Moradia Legal

O programa, que está na sexta edição, é uma parceria entre Tribunal de Justiça (TJAL), Corregedoria-Geral da Justiça, Anoreg/AL e Prefeituras.

Desde o ano passado, cerca de 2150 pessoas nos municípios de Marechal Deodoro, Quebrangulo, Teotônio Vilela, Arapiraca, São Miguel dos Campos, Palmeira dos Índios, Tanque d'Arca, Campo Alegre, Japaratinga e Girau do Ponciano conseguiram a titularidade de seus imóveis graças ao Moradia Legal.


Fonte: Dicom TJAL

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]