Dólar com. 4.9617
IBovespa 0.58
28 de fevereiro de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Valdemar quer saída de assassino de Chico Mendes de diretório do PL
15/04/2023 às 12h20

Blogs

O troco do mestre Arthur

Câmara dos Deputados

PARA REFLETIR

Eu sou a favor dos direitos animais bem como dos direitos humanos. Essa é a proposta de um ser humano integral. (Abraham Lincoln)


O troco do mestre Arthur

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o “superbloco” formado por 173 parlamentares não é um instrumento de “chantagem” contra o presidente Lula (PT).

O novo grupo é formado por legendas de esquerda e de direita: PP, União Brasil, Federação PSDB/Cidadania, Solidariedade, Patriota, Avante, PDT e PSB.

Trata-se, também, de um “troco” de Lira ao bloco recentemente constituído por Republicanos, MDB, PSD, Podemos e PSC, a reunir 142 deputados.

“Eu fico, às vezes, me divertindo com as narrativas. Esse bloco que foi criado não é para fazer oposição ao governo, não é para fazer chantagem ao governo. Essas versões que são criadas não ajudam neste momento”, disse Lira a imprensa. A tendência é o bloco crescer e o poder de Arthur Lira também.

Haja mordomia

Quando a gente imagina que já viu de tudo na política, sempre aparece uma nova, principalmente na vertente da improbidade e da exploração explicita do dinheiro público. No pomposo e rico estado de Santa Catarina a vice-governadora Marilisa Boehm, contratou, através de seu gabinete, um grupo de funcionários para sua cozinha, de fazer inveja aos restaurantes mais badalados. Um cozinheiro receberá R$ 21 mil para trabalhar quatro dias, os demais membros da equipe da cozinha (4) receberão entre R$9 e R$ 11 mil. Todos os salários superam a média de vencimentos de todas as categorias do serviço público catarinense. A vice- governadp0ra ainda recebe casa, comida e roupa lavada. Espero que a moda não pegue.  E o povo que se ferre.

Volta à vida o IPHAN

que Bolsonaro destruiu

Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) está desenvolvendo um projeto de longo prazo de revitalização de prédios localizados em centros históricos, com foco voltado à habitação.

Segundo Leandro Grass, presidente da autarquia, o programa está sendo validado pela Casa Civil e deve ser lançado até o final do mês. A ideia é ter um investimento de mais de R$ 1 bilhão para os próximos anos.

Em 2013, durante a presidência de Dilma Rousseff (PT), o governo federal criou o PAC Cidades Históricas, voltado a atender cidades com bens tombados pelo Iphan.

O governo Bolsonaro paralisou completamente um órgão da mais alta importância para a história e memória do país.

O exemplo de São Paulo

O governo estadual de São Paulo optou por responder à onda de ameaças e ataques a escolas sem dar ênfase ao policiamento armado e sem apostar na instalação de equipamentos de segurança como detectores de metal.

Foi anunciada a contratação de 550 psicólogos para atender escolas estaduais e de até mil vigilantes particulares desarmados, além do treinamento de professores para acolher alunos com problemas de saúde mental.

O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) disse que acredita ser possível resolver o problema com o mínimo possível de mudanças na estrutura da escola.

Os Estados Unidos é um exemplo de que policiais ostensivamente e aparelhos para detectar armamentos não resolvem a questão e até agrava

Arivaldo Maia

Perto de completar 76 anos de idade e em plena forma, pendura as chuteiras o maior narrador esportivo da história de Alagoas, por vontade própria. Surpreendeu até seus companheiros de trabalho que apostavam em muitos anos ainda com sua presença no timaço da Gazeta.

Meu contemporâneo e amigo, começamos juntos na Rádio Sampaio de Palmeira dos Índios, ele no futebol e eu no jornalismo. Narrou grandes partidas e muitas Copas do Mundo. Profissional talentoso, recebeu inúmeros convites para levar sua voz inigualável, mas nunca aceitou deixar Alagoas. Um homem honrado e um ícone do rádio brasileiro.

Detran na linha certa

Tão logo assumiu a presidência do Detran, o engenheiro Marco Fireman implantou mudanças e com sua larga experiencia gestão de resultados vem a cada dia aperfeiçoando a autarquia e trazendo ações que aproximam a sociedade do importante órgão.  Fireman implantou sua marca por onde passou, aqui em Brasília, onde exerceu importantes cargos. É responsável, empreendedor e frente no quesito gestão pública de qualidade.

Alagoas de Lula

“O Brasil voltou”, garantiu o presidente Lula. O petista anunciou, ainda, que o programa Mais Médico vai enviar profissionais para 31 cidades de Alagoas e que o Bolsa Família transforma a vida de mais de 540 mil famílias alagoanas, injetando R$ 359 milhões/mês na economia.Nestes primeiros 100 dias de governo, trabalhamos incansavelmente para devolver dignidade e qualidade de vida ao povo brasileiro, em especial às 33 milhões de vítimas da fome. O Bolsa Família voltou ainda mais forte, com valores adicionais para crianças e adolescentes. Depois os políticos locais vão dizer que foram eles que conseguiram.

Criar Frente Parlamentar para defender poderosos do agro é fácil e “rende”. Quero ver criar Frente Parlamentar para matar a fome dos alagoanos.

O senador Rodrigo Cunha continua no mesmo marasmo e agora com seu entorno criando confusão.


Pedro Oliveira por Pedro Oliveira

Jornalista e escritor. Articulista político dos jornais " Extra" e " Tribuna do Sertão". Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB. É presidente do Instituto Cidadão,  membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]