Dólar com. 5.3757
IBovespa 8
14 de junho de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STJ anula provas contra dois investigados pela Lava Jato
17/11/2023 às 08h00

Política

Médica que é referência em cardiologia e combate à Covid receberá cidadania alagoana

Divulgação

Dona de um extenso e invejável currículo, a médica cardiologista goiana radicada em São Paulo Ludhmila Abrahão Hajjar será homenageada nesta sexta-feira (17) com o título de cidadã alagoana, conferido pela Assembleia Legislativa por iniciativa do deputado Dr. Wanderley (MDB).

Formada em Medicina na Universidade de Brasília, Ludhmila fez carreira na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e também tem destaque na área acadêmica e no atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo considerada uma das referências nacionais em cardiologia.

Especialista no combate à Covid-19Ludhmila Hajjar foi convidada em 2021 para comandar o Ministério da Saúde, mas recusou o cargo. Na ocasião, alegou divergências com o governo federal na forma da condução do enfrentamento à pandemia e subestimação da gravidade da doença. Caso fosse nomeada, se tornaria a primeira mulher a liderar a pasta da Saúde no Brasil.

Ludhmila esteve à frente do tratamento e do combate à Covid-19, em todos os níveis, tendo sido uma das primeiras vozes a defender a vacinação em massa para combater a doença.

Além de chefiar a UTI do Hospital do Coração da Faculdade de Medicina da USP, atuou ainda no Distrito Federal e no Rio de Janeiro, tendo alcançado mais destaque durante a pandemia com a publicação de artigos em revistas científicas respeitadas.

Ao lado de Roberto Kalil, também cardiologista e médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Ludhimila participou da equipe de transição do atual governo na área da saúde.

Mais recentemente, foi eleita para uma posição de destaque na Sociedade Europeia de Medicina Intensiva (ESICM), tornando-se representante da América Latina na entidade, onde fará parte de um grupo de especialistas dedicados ao cuidado e tratamento de pacientes em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em todo o continente europeu.

A solenidade de entrega do título de cidadania alagoana acontecerá no plenário da Assembleia Legislativa, a partir das 9 horas, com presenças de expoentes da medicina e da classe política alagoana.

À tarde, Ludhmila fará palestra no auditório João Sampaio, no Cesmac, com o tema “Câncer e Coração: Novos Paradigmas de Diagnóstico e Tratamento”. Ambos os eventos serão abertos ao público.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]