Dólar com. 5.6203
IBovespa -0.32
04 de março de 2021
min. 25º máx. 31º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Vacina Covaxin apresenta eficácia de 81%, diz laboratório indiano

Blogs

Enfermagem defende fechamento total de atividades não essenciais

Covid avança sem controle e em 24 horas mata 1.910 pessoas no Brasil

04.03.2021 às 08:58


O Conselho Regional de Enfermagem em Alagoas defende o fechamento total das atividades não essenciais em todo o estado, como forma de conter o avanço descontrolado da Covid-19. Em nota, divulgada por todos os conselhos regionais do país, a entidade alerta que a situação caminha para colapso no sistema de saúde.

Em Alagoas, as ocupações de leitos em cidades do interior já atingiram 100% e em Maceió, hospitais como a Santa Casa e Arthur Ramos suspenderam atendimento a casos de covid por esse mesmo motivo.

A nota exige vacinação já para todos e auxílio emergencial para a população de baixa renda.

Em apenas 24 horas, entre os dias 2 e 3 de março, foram 1.910 óbitos por covid em todo o país.

A situação é grave.

Postado por Ponto Final

Por mais medidas restritivas para salvar mais vidas da covid!

03.03.2021 às 10:00

 Terça-feira, 2 de março, o Brasil registrou a triste marca de 1.726 mortes em 24 horas, por covid.  Esse número supera o recorde anterior de 1.582 óbitos em um dia, alcançado no último 25 de fevereiro.

O índice de contaminação também segue alto, assim como a ocupação de leitos para pacientes com coronavírus está próxima e maior que 80% na maioria das capitais brasileiras. A covid foi responsável por uma em cada quatro mortes por causas naturais no Brasil em fevereiro passado, quarto mês seguido de alta nesse percentual.

A variante do vírus continua a circular pelo país e já está em vários estados, infectando com mais celeridade do que a primeira cepa.

Algumas cidades já aderiram ao toque de recolher e ao lockdown.

E em Alagoas, como estamos?

Esperando pacientemente por uma vacinação lenta, com registro de 12 óbitos no dia de ontem, uma saúde púbica e privada exausta, cada dia mais leitos ocupados nos hospitais e mais casos graves da doença.

A esperança parece fazer pouso na medida aprovada ontem pelo Senado que agiliza a compra de vacinas por estados e municípios.

Além disso, só nos salva as medidas restritivas que muita gente desdenha delas, como o uso de máscara, distanciamento social, higienização constante das mãos e evitar aglomeração.

Postado por Ponto Final

Alfredo Gaspar anuncia redução de 57% dos homicídios em Maceió

02.03.2021 às 10:00

 

Com menos de 60 dias de trabalho, o secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, informa que fevereiro deste ano pontuou positivo na redução dos índices criminais com relação ao mesmo período em 2020.

Segundo Gaspar, no estado a queda no número de homicídios foi de 37% e, na capital, Maceió, de 57%.

Pelas redes sociais, o ex-procurador-geral de Justiça comemora: “Isso demonstra o cuidado com a segurança em Alagoas”.

Enquanto isso, nos veículos de Comunicação do senador Collor, todos os dias têm críticas políticas ao trabalho da segurança no estado, a mando do dono maior das empresas. É que, dizem por aí, que basta Collor desconfiar que alguém pode enfrenta-lo na disputa ao Senado e já começa a ser caça de suas Gazetas.

O secretário Alfredo Gaspar já mandou o senador se preocupar com as ações no STF que o acusam de corrupção, e deveria ter colocado nas preocupações do senador-empresário as dívidas tributárias e trabalhistas que as empresas dele respondem judicialmente.

Além do “botox”, é óbvio.


Estamos no Instagram

Postado por Ponto Final

De 3 doentes de covid intubados, 2 morrem, aponta estudo

01.03.2021 às 09:54

 

Em um ano de Covid, 2 a cada 3 doentes intubados em UTI morreram no Brasil. Os números são do Projeto UTIs Brasileiras”, da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib), em parceria com a empresa Epimed, que traz dados de 98 mil internações de infectados pelo coronavírus desde 1 de março de 2020.

O projeto aponta que, dos 46,3% que precisaram de ventilação mecânica nas UTIs em um ano, 66,3% faleceram.

Mas a Amib alerta que o problema dos óbitos não é o processo de intubação, mas a gravidade da doença que faz a sua evolução resultar em morte. E mostra que, nas mesmas UTIs brasileiras, os pacientes que não precisam de ventilação mecânica (ou seja, casos menos graves), a mortalidade é de 9%.

Enquanto a Ciência tenta entender e salvar vidas, a população e o Estado podem contribuir e muito com medidas preventivas para evitar a propagação do vírus e, de fato, salvar vidas: distanciamento social, uso de máscaras, higienização constante das mãos e imunização.

Não há outra trincheira de luta contra esse vírus, por ora, que não através de ações como essas...

Que bom seria se o presidente Bolsonaro e o seu Ministério da Saúde tivessem mais a compreensão dos fatos, do que a de seus próprios umbigos.

Postado por Ponto Final

Sobre a covid-19 no Brasil

28.02.2021 às 16:24

 

16 estados e o Distrito Federal têm taxas de ocupação de UTIs acima de 80%; 8 estados têm mais de 90% dos leitos de terapia intensiva da rede pública ocupados. Roraima, Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás se aproximam do colapso na rede pública de saúde.

A vacinação continua lenta, a situação é grave. Gravíssima.

O número de mortes por coronavírus, em um ano, ultrapassou 250 mil em todo o país e a média diária continua assustadora, chegando até a 1.500.

Não basta aumentar leitos, é preciso medidas restritivas, sim!

O presidente Bolsonaro, ao contrário de menosprezar a pandemia, incentivar o desuso de máscaras e provocar aglomerações, deveria cumprir com o seu papel de Chefe de Estado em meio a toda essa calamidade, ouvir a Ciência, se unir a governadores e prefeitos e construir, com eles, alternativas que salvem vidas e não permitam que pessoas passem fome.

Fazer lives com discursos de intolerância política não contribui em nada, só prejudica.

Em Alagoas, estamos chegando a 3 mil mortes por covid, uma média diária entre 9 a dez óbitos, e cerca de 140 mil infectados.

É preciso atenção e ação.

Urgentemente.

Postado por Ponto Final

Verba do “auxílio-paletó” de Pedro Vilela beneficia causa animal em Alagoas

27.02.2021 às 11:45

 

Quando o deputado federal assume o mandato, de cara “ganha” uma verba no valor de R$ 24 mil para bancar mudança, fazer um novo vestuário, ou como quiser gastar, já que não precisa justificar.

É um presente da Casa (com dinheiro público!!!) para quem chega!

O deputado Pedro Vilela (PSDB), que assumiu o mandato em janeiro passado, critica o privilégio, assume o compromisso de lutar contra ele na Câmara Federal, e decidiu doar esses recursos para a causa animal em Alagoas.

O parlamentar doou parte desse dinheiro à entidade que cuida dos animais abandonado no bairro do Pinheiro e fez uma seleção de mais 12 outras instituições, junto com a Comissão de Bem-Estar Animal da OAB alagoana, para repassar o restante.

Dessas 12, seis delas receberão R$ 2 mil cada uma, e as outras seis, R$ 1 mil cada.

Para saber quais receberão R$ 2 mil, o deputado realiza neste sábado, em suas redes sociais, uma campanha com internautas.

É só ir lá e votar no seu projeto preferido:

https://www.instagram.com/p/CLxhAJwMDF5/


Estamos no Instagram 

Postado por Ponto Final

Bolsonaro questiona o uso de máscara contra a covid, tá “ok?”

26.02.2021 às 10:00

 

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou ontem, quando o Brasil bateu recorde de mortes diárias por covid-19 (1.541 óbitos), para questionar o uso de máscaras como medida preventiva ao vírus. Em sua live semanal, sem nenhuma comprovação científica, por puro “achismo” pessoal, Bolsonaro detonou:

"Pessoal, começam a aparecer estudos aqui, não vou entrar em detalhes, sobre o uso de máscara, que, num primeiro momento aqui, uma universidade alemã fala que elas são prejudiciais a crianças e levam em conta vários itens aqui como irritabilidade, dor de cabeça, dificuldade de concentração, diminuição da percepção de felicidade, recusa em ir para a escola ou creche, desânimo, comprometimento da capacidade de aprendizado, vertigem, fadiga... Então começam a aparecer aqui os efeitos colaterais das máscaras, tá ok?"

O que não está ok, presidente, é a falta de vacina para toda a população, é a trapalhada do Ministério da Saúde na entrega das vacinas aos estados, é a falta de compromisso de seu governo com a vida dos brasileiros em uma pandemia que já matou 250 mil pessoas e infectou, de forma mais e menos grave, mais de 10 milhões de brasileiros.

O que precisa estar ok, definitivamente, é o Plano Nacional de Imunização.
Depois de ir contra a Organização Mundial da Saúde e ao Ministério da Saúde do Brasil, e “receitar” cloroquina e “tratamento precoce” contra a covid, Bolsonaro agora “desaconselha” o uso da máscara, medida, aliás, que ele nunca adotou pessoalmente.

Comete, claramente, crime contra a saúde pública, e continua “ok” enquanto o país adoece e se enluta diariamente.


Estamos no Instagram

Postado por Ponto Final

A Câmara Federal desmerece o Brasil.

25.02.2021 às 09:00
Najara Araújo/Câmara dos Deputados

 

Ontem, por 304 votos a favor, 154 contra, e duas abstenções, os deputados aceitaram a proposta de emenda à Constituição, que amplia os conceitos de imunidade parlamentar.

Em resumo: restringe as hipóteses de prisão em flagrante de deputado aos crimes inafiançáveis previstos na Constituição; regulamenta o trâmite a ser observado após prisão; veda o afastamento do mandato por decisão judicial; e determina que apenas o Conselho de Ética pode se pronunciar sobre ações, palavras e votos de parlamentares.

O texto também cria recursos contra ações penais de autoridades, trata de busca e apreensão e outros atos processuais contra autoridades.

A proposta deve passar pelo primeiro turno de votação já nesta quinta-feira (25).

Pelo sim, pelo não, aprovando-se essa emenda constitucional, pode-se revogar a prisão do deputado Daniel Silveira e impedir que a deputada Flordelis seja presa pela acusação de ter participado do assassinato de seu marido, o Pastor Anderson, acreditam alguns parlamentares contrários a essa aberração.

Enquanto isso, no Brasil de verdade, o índice de mortos pela covid-19 já chegou a 250 mil, o governo brasileiro manda as vacinas do Amazonas para o Acre, ministro de Estado infectado pelo coronavírus participa de evento público, e os parlamentares tentando evitar que, caso mereçam, a lei não os alcancem.

Ah, a autoria da proposta é do deputado Celso Sabino, do PSDB do Pará, endossado pelo presidente da Casa, deputado alagoano Arthur Lira (PP).


Estamos no Instagram

Postado por Ponto Final

Vereadores de Maceió iniciam trabalhos e desafiam covid com aglomeração

24.02.2021 às 12:07
Reprodução/YouTube

 

Em 2020, não há dúvida de que as campanhas eleitorais contribuíram, e muito, para a segunda onda da Covid em vários estados, sobretudo em Alagoas.

Em dezembro do ano passado e em janeiro deste ano, houve uma sinalização de que os políticos eleitos entenderiam o cenário da crise sanitária e evitariam aglomeração, com diplomação e posses realizadas online.

Mas o início dos trabalhos legislativos pelo menos na capital alagoana, apontam para o desdém com o distanciamento social.

Ontem, na Câmara Municipal de Vereadores de Maceió, foi aglomeração só!

Políticos, servidores, imprensa e público circulando entre si, com troca de abraços e apertos de mãos. Até deputados estaduais estiveram lá para ajudar a aglomerar. E neste mesmo dia, Alagoas registrou mais 9 óbitos por coronavírus e 545 novos infectados.

A propósito sobre imprensa, é um caos em tempos de pandemia de um vírus altamente transmissível, a sala miúda, apertada, sem ventilação que a Mesa Diretora reservou aos jornalistas e radialistas.

O Sindicato dos Jornalistas de Alagoas precisa se posicionar. E a própria presidência da Casa, obviamente.


Estamos no Instagram

Postado por Ponto Final

No Instagram, ex-empregados de Collor o denunciam por “calote”

23.02.2021 às 12:00
Reprodução/Instagram

Foi criado um perfil no Instagram para denunciar o “calote” que o senador Fernando Collor (PROS), como dono da Organização Arnon de Mello, deu em centenas de profissionais, demitidos de suas empresas em 2018 e 2019.

Demissão em massa em 2019, com idas e vindas ao Ministério Público do Trabalho, acordos feitos pela OAM e não cumpridos com os demitidos, o fato é que até agora nem sinalização dos pagamentos.

Ou qualquer satisfação por parte das Gazetas de Collor.

Enquanto isso, em suas redes sociais, o senador alagoano posa de “resenheiro”, brinca com cães, está sempre sorridente, dá a própria versão sobre os seus dois anos como presidente da República, responde com grosseria a quem o questiona e ignora totalmente o drama de seus ex-funcionários.

E em seus veículos de comunicação, chove cobrança pela ética política, moralidade pública e cumprimento de deveres (de outros, obviamente).

É o Collor nas redes, como o político que ele mesmo se define, e como os seus ex-empregados o apontam. Para conferir:
https://www.instagram.com/collorcaloteiro/


Estamos no Instagram 

Postado por Ponto Final


Ponto Final

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]